30 junho 2011

MSC, Bingo! ... sai sempre!

 MSC CRUZEIROS LANÇA NOVAS DATAS DE PROMOÇÃO BINGO
Iniciativa da MSC Cruzeiros permite aos clientes pagar uma tarifa 
base e ter um upgrade na categoria da cabine
A MSC Cruzeiros lançou uma promoção que promete animar as reservas deste Verão. A promoção Bingo permite aos clientes fazer uma reserva com um preço base mais baixo e, na melhor das hipóteses, obter o camarote de categoria mais alta dentro da mesma classe (as categorias variam consoante a localização do camarote).
Para aderir à promoção Bingo, o cliente efectua uma reserva no tipo de cabine pretendida, que pode ser interior, exterior ou exterior com varanda e, posteriormente, é-lhe atribuída “à sorte” uma categoria de camarote dentro da tipologia escolhida.
Esta promoção permite ao cliente escolher o seu tipo de camarote pagando um valor bem mais reduzido do que o valor publicado na brochura - tarifa Bingo - e usufruir mais tarde de uma categoria mais alta dentro da tipologia escolhida inicialmente. A categoria e o número do camarote serão comunicados ao cliente antes do embarque.
Os navios MSC Splendida e MSC Fantasia com partidas de Barcelona, o MSC Lirica e o MSC Splendida com saídas de Palma de Maiorca, o MSC Sinfonia com partidas de Valência, o MSC Musica com partidas de Veneza, o MSC Opera com saídas de La Corunha e o MSC Orchestra com partidas de Copenhaga são os navios onde é agora possível aderir a esta promoção, que é válida consoante a disponibilidade dos navios. Futuramente haverá mais cruzeiros disponíveis nesta promoção.
Destinatários da promoção: qualquer pessoa com aquisição numa agência de viagens em Portugal. São promoções para o mercado Português.

29 junho 2011

Costa Vitoria: América do Sul e Ásia


O Costa Victoria vai navegar na América do Sul na próxima temporada de inverno, em vez do Mediterrâneo tal como anunciado anteriormente. Em 2012, este mesmo navio rumará para a Ásia, sendo o único navio com varandas nesse mercado, de acordo com Costa Crociere. Para a temporada 2011/2012, a Costa terá quatro navios na América do Sul, mantendo os quatro navios no Mediterrâneo durante o inverno. A Costa continuará a se concentrar na Europa para o crescimento do mercado, ao mesmo tempo, procura novas oportunidades em  mercados emergentes como o da Rússia, Europa Oriental e Brasil.

27 junho 2011

Cruzeiro fluvial


Fazer um cruzeiro não significa linearmente que vamos para o mar. Apesar de muito menos popular, imagine ter a mesma sensação de um cruzeiro que visita vários portos marítimos, conhecendo várias cidades portuárias ou atracções turísticas próximas adaptado à realidade continental. Falamos de cruzeiros fluviais, com portos fluviais, com cidades interiores. Falamos naturalmente de uma opção que sugere menos dimensão na embarcação, menos pessoas a bordo, menos espaço para atracções mas também falamos de um dimensionamento e perspectivas diferentes que pode sugerir privacidade, mais interacção entre passageiros e tripulação, uma vivência diferente se comparada com os navios de cruzeiro tradicionais. Não é novidade mas ainda é pouco popular se compararmos com o enorme sucesso dos cruzeiros de alto mar, daí a sua menor exposição e divulgação. Pode ser solução para aqueles que possuem um longo curriculum como cruzeiristas e não querem repetir portos apesar de poderem optar por um navio de cruzeiros diferente. Pode também ser um tubo de ensaio para o passo seguinte, um cruzeiro de alto mar, a contornar o espaço continental ou a atravessar um grande oceano. Fique com este exemplo que desmistifica o cruzeiro fluvial e as suas condições de viagem:
Ms Imaginary

Ms Imaginary:
Construção: 2007
Comprimento: 135mt
Tripulação: 43
Suites: 4
Camarotes: 81

- Explore melhor cidades, vilas e aldeias em ambiente romântico
- Visite muitos portos num só cruzeiro
- Observe uma constante mudança de paisagem
- Proximidade nas visitas, tempo mais aproveitado, menos deslocações
- Cruzeiro sem ondas pela fraca ondulação fluvial e tecnologia da embarcação: Sistema Silent Drive (SDS)
- Animação a bordo e em terra, usufruindo da vida nocturna local
- Ande livre de malas de apoio a deslocações

Da observação sobre a Avalon surge a ideia que podemos incrementar os cruzeiros fluviais com classe e inovação. Também é observável que os pioneiros terão vantagens. Se a popularidade dos cruzeiros crescer da mesma forma que os tradicionais terá que haver um limite, o do meio a navegar, os rios e canais são exíguos e os portos pequenos.
No caso do Ms Imagery Avalon, introduz um novo tipo de navio de cruzeiro. A ponte de navegação está localizada na popa, atrás da secção de passageiros, permitindo um projecto gracioso no seu interior, disponibilizando uma área nobre para actividades nobres mas, sobretudo, para observar as paisagens sem obstáculos. O lounge e o restaurante estão localizado na proa, vistas desimpedidas sobre a paisagem que passa como um filme com banda sonora romântica. O Sky Deck é amplo para usufruir do sol, tirar fotografias (num cruzeiro fluvial é maior a quantidade de fotos tiradas), ou simplesmente relaxar. O Imagery da Avalon possuí o Sistema Silent Drive (SDS) para conforto dos passageiros, os motores do navio estão separados da área dos passageiros, permitindo uma experiência mais silenciosa que os tradicionais cruzeiros em navios pequenos de cruzeiros fluviais.
Mais informações: Avalon Waterways

25 junho 2011

100º aniversário do Porto de Long Beach Califórnia

O Porto de Long Beach na Califórnia cumpriu ontem os festejos do seu 100º aniversário. Por este porto passou a história e muitas histórias desde que há um século os principais estaleiros daquela zona dos Estados Unidos têm ocupado grande parte da área. O arranque do porto deu-se com a construção naval através da firma Long Beach Shipbuilding em 1907. Os primeiros projectos estão intimamente ligados ao desenvolvimento do próprio porto pois construíram-se dragas para criar profundidade para o calado dos navios em área naturalmente abrigada. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Marinha estabeleceu uma grande base militar no Island Terminal e manteve-se até ao encerramento da Long Beach Naval Shipyard em 1997. No seu lugar surgiu o terminal de contentores "Pier T".
Este porto começa a ganhar notoriedade a partir do momento em que nele fica definitivamente ancorado um dos mais famosos transatlânticos do mundo, o Queen Mary, que foi recebido de forma memorável a 9 de Dezembro de 1967. Tornou-se a imagem do porto e uma popular atracção turística. 
Por este porto passaram referências históricas que se podem tomar conhecimento em visita. Salientamos o Canberra em 1961 na sua primeira escala; o Princess Patricia, primeiro navio da Princess Cruises em 1965. Estariamos horas a salientar.
Hoje em dia, a principal referência pelas frequências de acostagem é da Carnival Cruise Lines que possuí o seu próprio terminal no Cais H, ao lado do Queen Mary, com três partidas semanais.

24 junho 2011

O Barco do Amor perdura.

Uma notável réplica do "Barco do Amor", o original Pacific Princess, construído inteiramente com Legos anda a atrair fãs na convenção Brickworld em Chicago (uma das maiores convenções LEGO no mundo).
Gavin MacLeod (actor que interpretou o papel de capitão na célebre série televisiva), fez uma visita ao certame e surpreendeu com a sua presença o "criador" do modelo, McNaught Ryan, um dos poucos mestres construtores LEGO no mundo. O encontro foi gravado em vídeo:
O modelo apresenta o exterior do famoso navio de um lado, enquanto o outro lado é um "cutaway"  revelando o seu interior com acção, dos chefes na cozinha aos passageiros no health club. Luzes LED para a discoteca e pequenos motores que colocam as hélices e os elevadores em funcionamento completam a réplica.
Gavin Macleod na época do Barco do Amor
Gavin Macleod dos nossos dias

23 junho 2011

Voyager of the Seas na China em 2012

Michael Bayley, vice-presidente executivo da Royal Caribbean International e Dr. Zinan Liu, director do grupo para a China e Ásia, revelou que a Royal Caribbean vai deslocar o Voyager of the Seas de  3114 passageiros para Xangai, em Junho 2012. O navio pretende oferecer uma grande variedade de itinerários, que vão de 4 a 10 noites. O programa foi desenvolvido para disponibilizar emocionantes experiências de cruzeiro aos turistas chineses, mas também para atrair visitantes do turismo de cruzeiro de todo o mundo à China e a navegar ao redor da Ásia.
 amplie p. f.
O Voyager of the Seas será o maior navio a operar na zona com dobro do tamanho de qualquer outro navio de cruzeiro em operação na China e na região Ásia-Pacífico. Lembramos que o Voyager tem 137.276 toneladas de arqueação bruta, com 11 decks e 1.557 cabines. O navio chegará a Xangai vindo da Europa e entrará de imediato em operação com a oferta de cruzeiros onde visitará portos como Fukuoka e kobe no Japão e Busan e Jeju na Coreia do Sul.
 amplie p . f.
O Dr. Zinan referiu: "Este é um passo importante para a indústria de cruzeiros na China. Continuaremos a trabalhar com os portos chineses e nossos parceiros de viagens para desenvolver ainda mais a economia do país nesta área".
Revelou ainda que estão a ser desenvolvidos contactos junto de várias agências de viagens para desempenharem um papel activo na prospecção comercial do produto e da necessidade de construir instalações de apoio tanto no porto como incluindo entrepostos e centros de distribuição do turismo internacional para os novos produtos que surgirão. A perspectiva é a de apostar em cidades como Xangai, Tianjin, Hong Kong e Xiamen, para promover o crescimento a nível mundial destes destinos turísticos para o mercado de cruzeiros.
Com o contínuo crescimento do número de pessoas que viajam a bordo dos navios de cruzeiro, começa a haver uma predisposição para um considerável número de cruzeiristas mais viajados a repetirem itenerários ou a pura e simplesmente optar por outras soluções de férias. A inovação e desenvolvimento de novos destinos são a resposta a esse fenómeno, ao qual a Royal Caribbean começa a dar resposta através do imenso mercado chinês e trazendo aos fidelizados cruzeiristas novas opções.

22 junho 2011

Celebrity vai "Solstizar"

amplie p. f.
Segundo navio a "Solstizar": Celebrity Infinity

O conceito "Solstice", que a revista Cruzeiros acaba de usufruir através do navio Celebrity Solstice no cruzeiro de verão, faz sucesso dentro da Celebrity. A companhia acaba de anunciar que dentro de pouco tempo vai despender 120 milhões de Dollares para implementar o conceito Solstice nos seus navios da classe Millenium. Num dos planos mais ambiciosos de revitalização, pelo curto espaço de tempo programado, temos já o seguinte calendário e navios:
3 Dezembro de 2011 - Celebrity Infinity
Janeiro 2012 - Celebrity Summit
Abril 2012 - Celebrity Millenium
As intervenções serão efectuadas nos estaleiros Grand Bahama Shipyard em Freeport - Bahamas.
Recordamos que esta aposta vem na sequência da bem sucedida experiência com o Celebrity Constellation que já sofreu as alterações "Solstice".
O Presidente da Celebrity & CEO Dan Hanrahan disse:
"Os navios da classe Millennium já têm um grande número de leais seguidores, tendo por várias vezes atingido os topos dos rankings de muitas das pesquisas de autoridades de consumo nesta área. Seu estilo, design e ambiente foi uma importante inspiração  para o design da Classe Solstice, agora, estamos a migrar esse conceito aperfeiçoado - em apenas dois anos - para a Classe Millennium."
amplie p. f.
Grand Bahama Shipyard

21 junho 2011

Aniversário!

Hoje, 21 de Junho, o Clube de Entusiastas de Navios (CEN) do Funchal (Madeira) comemora o seu 18º aniversário. Com a maioridade, novos desafios se colocam tal como qualquer ser humano pois as instituições também têm vida própria. As pessoas passam e elas permanecem. Que o CEN siga as pisadas das mais antigas companhias de navegação de passageiros que agora são de cruzeiros e que perdure. Os parabéns da revista Cruzeiros! Ventos de popa!

O CEN tem programado para o próximo sábado, 25 de Junho pelas 18:00 horas, a comemoração deste aniversário com uma conferência sobre Registo de Navios da Madeira ao que se segue um jantar buffet (20:00h). Ambas as actividades ocorrerão no Hotel Porto Santa Maria na zona velha da cidade do Funchal. Pelas 22:30 os participantes poderão observar desde o hotel ao final do espectáculo pirotécnico Festival do Atlântico. Inscrições ou mais informações poderão ser obtidas até ao dia 23 de Junho pelo mail: 
cenmadeira@gmail.com

 amplie p. f.
Paquete Funchal, base do logo do CEN e que 
este ano comemora o seu 50º aniversário.

Dia de Ventura no Funchal e Silver Cloud em Leixões

Ventura
Silver Cloud

19 junho 2011

Para ser mais suave, dentro de meses há mais!

 em Barcelona
O navio que vai deixar saudade. Termina o nosso cruzeiro de verão de 12 dias pelo Mediterrâneo a bordo do Celebrity Solstice.
Agora "navegamos" sozinhos (a "butes") de regresso a casa. O trabalho espreita e temos que acertar as agulhas. apesar de nostálgicos haverá um sorriso nos lábios e força que perdurará ... até ao próximo cruzeiro. Obrigado pela Vossa companhia ao longo destes dias e do incrível número de acessos com que nos brindaram. O blogue prossegue com as actualidades paralelamente ... ultimando mais uma edição da Cruzeiros.

17 junho 2011

Visitamos a ponte de comando

Bom dia, prosseguimos a nossa viagem de 2 dias de mar a bordo do Solstice. Apesar dos 10 dias a bordo há muito para ver e com certeza nunca ficaremos a conhecer em pormenor o navio. Hoje recebemos a grata notícia que fomos autorizados a visitar a ponte de comando e lá fomos! As atenções estavam no Estreito de Messina por onde passaremos dentro de pouco e na vigilânicia permanente por radar e visualmente.
Por curiosidade aqui vai o report das 10:30 UTC:

O vento soprava a uma velocidade de 3,1 metros por segundo (6,9 milhas por hora) de leste (080 °), variando entre nordeste (040 °) e sudeste (140 °). A pressão atmosférica foi de 1015 hPa (29.97 inHg). A húmidade relativa era de 64,9%. Havia poucas nuvens a uma altura de 610 metros (2000 pés). A visibilidade global era maior do que 10 km (6,2 milhas). Temperatura do ar 24ºC, o que equivale a dizer que a cobertura da piscina abre automaticamente :o). Desde Dubrovnik, último porto já navegamos 328,96mn (609,24Km), desde o porto de saída Barcelona 2.236,96mn (4.142,85Km) e faltam 726,14mn (1.344,81Km) para chegarmos a Barcelona de novo. Somando, a nosso cruzeiro percorrerá precisamente 5.487,66Km.
O navio vai em velocidade de cruzeiro 19,2 nós (35,6Km/h) em dia perfeitamente normal e com as manutenções programadas. Dia calmo na ponte.


16 junho 2011

Momentos na vida do Solstice

Partida do último porto para breve

Dentro de cerca de pouco mais de uma hora partiremos de Dubrovnik rumo a Barcelona, final do nosso cruzeiro. Entretanto teremos 2 dias de mar pela frente onde tentaremos conhecer e dar a conhecer melhor o Celebrity Solstice. Até este momento e desde a nossa partida de Barcelona, percorremos 1.908,00mn o equivalente a 3.533,61km. Dubrovnik brindou-nos com céu pouco nublado e com temperatura aprazível, 24ºC.
Estando neste momento a plena elaboração da terceira edição da revista Cruzeiros, chegaremos a tempo de incluir novidades e imagens desta nossa viagem.
 amplie p. f.
Ponte Tudjman num dos extremos da parte nova de Dubrovnik. O porto é observável. Ao fundo, na lateral direita da foto é o início da parte antiga da cidade muito mais popular e divulgada. Fotografia da World City Pictures.

Como se cá estivesse: encantador Dubrovnik

Filme publicitário do Dubrovnik Turist Board com direitos reservados no Youtube. Cumprindo as regras, deixo-vos o link com imagens de Dubrovnik que merecem ser vistas e onde se realça a beleza desta cidade. Copie para o seu browser: http://youtu.be/rJ2r0-edTMg

Dobar dan ...

Dobar dan? Dobar dan! Dobar dan?  ... #&?!"%&*!
Resolução do enigma: http://translate.google.com/#hr|pt|
amplie p. f.

15 junho 2011

Rumo a Dubrovnik

A esta hora, 17:30 de Lisboa (mais uma no Solstice) passaram-se 4 horas e meia da nossa partida de Veneza e ainda dela falamos. O navio leva uma velocidade cruzeiro acima do normal para chegarmos pelas 8:30 da manhã a Dubrovnik, a nossa próxima escala. Vai ser outra emoção. A popularidade do Mediterrâneo para os cruzeiros deve-se à diversidade de destinos fortes com a distância de uma noite de navegação entre eles. São cruzeiros com uma cadência de escalas tal que confere densidade. O cliente toma consciência do aproveitamento que a companhia faz, tentando mostrar muito ao longo dos dias em que é hóspede a bordo. Vamos para a última escala num itinerário que permite no final o descanso dos "guerreiros", 2 dias de navegação, não chegará estoirado das férias para precisar de novas férias.
A Sul da costa da Croácia está situada a cidade de Dubrovnik, conhecida como a "Pérola do Adriático" (Link), é um dos destinos mais belos daquilo que consideramos o Mediterrâneo, sabendo que tem o Adriático pela frente. Dubrovnik encontra-se sob a protecção da UNESCO. Rodeada por uma grande muralha de dois quilómetros de extensão, que oferece uma vista única dos palácios, jardins e da paisagem de telhados do centro histórico onde poderá contemplar a panorâmica da Ilha de Lokrum. A rua de Stradum é a via principal da muralha medieval, através da dela poderá aceder ao emblemático Mosteiro dos Dominicanos. Também na parte antiga encontramos a Catedral da Assunção de Nossa Senhora, caracterizada pelos seus ricos ornamentos e o Palácio do Governador. Vamos ver:

(Arte) Murano

O Celebrity Solstice tem uma particularidade a bordo, o de ter um "espectáculo" Hot Glass Show onde se produzem peças em vidro e se ensina como fazê-las. Podendo parecer repetitivo, é interessante visitar um dos ex-libris de Veneza, a ilha de Murano, onde se produzem finas peças de cristal, especialmente candeeiros: Arte Murano. A curiosidade está em saber o porquê das peças de cristal Murano serem caras, quando parece que até nós podemos produzi-las a bordo do navio.
A Arte Murano está intimamente ligada a inúmeros navios de cruzeiro porque possuem peças saídas desta ilha. São populares pela sua beleza, enaltecendo a decoração refinada dos interiores dos navios.
Murano,  vulgarmente descrita como uma ilha na Lagoa de Veneza, é na prática um arquipélago com sete ilhas, duas são artificiais. A ideia de "uma" ilha advém do facto de serem unidas por pontes entre si. Dista 1 km de Veneza e tem cerca de 5000 habitantes. As atracções turísticas de Murano são a Igreja de Santa Maria e São Donato pelos seus mosaicos bizantinos do século XII e porque apregoam que ali jazem os ossos de um dragão que matou São Donato; a Igreja de São Pedro Mártir e o Palácio da Mula completam a ementa "turística".
Ainda relativamente à Arte Murano, existem atrações relacionadas com o cristal através de peças contemporâneas e outras da época medieval, em espaços abertos ao público. Existe o Museu do Cristal (Museo Vetrario) que se localiza no Palácio Giustinian. Desfrutem da habilidade:

Restaurante Murano no Celebrity Solstice

Notícia MSC

MSC CRUZEIROS REGRESSA À TUNÍSIA
La Goulette regressa aos itinerários deste Verão e será destino de Inverno na MSC Cruzeiros

A MSC Cruzeiros anunciou hoje que os seus navios irão voltar a escalar regularmente o porto de Túnis, La Goulette a partir de Julho.
"O país regressou à normalidade, a segurança está estabilizada e estamos muito satisfeitos por oferecer de novo aos nossos clientes, um dos seus destinos favoritos para cruzeiros de 7 noites no Verão pelo Mediterrâneo. O turismo representa um dos maiores recursos para a recuperação económica deste país e estamos orgulhosos por fazer a nossa contribuição ", declarou o CEO da MSC Cruises, Pierfrancesco Vago.
O MSC Fantasia e o MSC Lirica têm programado o retorno a La Goulette a 5 de Julho, enquanto o MSC Splendida e o MSC Sinfonia escalam o mesmo porto no dia seguinte.
Os quatro navios oferecem cruzeiros de 7 noites para explorar as áreas mais belas e impressionantes do Mediterrâneo Ocidental, com o MSC Lirica a escalar Génova (Itália), Ajaccio (França), Civitavecchia (Itália), Salerno (Itália), La Goulette (Tunísia), Palma de Mallorca (Maiorca, Espanha), Marselha (França) e Génova (Itália). O MSC Fantasia cumpre um itinerário com partida de Génova (Itália) e passagem por Marselha (França), Barcelona (Espanha), La Goulette (Tunísia), La Valletta (Malta), Messina (Itália), Civitavecchia (Itália) e Génova (Itália). O MSC Splendida escala Génova (Itália), Nápoles (Itália), Palermo (Itália), La Goulette (Tunísia), Palma de Maiorca, Barcelona (Espanha), Marselha (França) e Génova (Itália), e por fim, o MSC Sinfonia parte de Livorno (Itália) para Villefranche (França), Valência (Espanha), Ibiza (Espanha), La Goulette (Tunísia), Catania (Itália), Nápoles (Itália) e Livorno (Itália).

A MSC Cruzeiros vai também destacar Túnis como destino de Inverno em seis cruzeiros de 7 noites com saída de Génova, a bordo do MSC Splendida, entre Dezembro de 2011 e Março de 2012.

A MSC Cruzeiros irá promover várias excursões a Túnis, para que os passageiros desfrutem da famosa hospitalidade do Norte Africano. Os encantos desta cidade irão maravilhar os passageiros da MSC que terão oportunidade de visitar o famoso sítio arqueológico de Cartago, o típico mercado de especiarias da Medina, a tradicional vila piscatória de Sidi Bou Said e, naturalmente, La Goulette.

14 junho 2011

Amplie p. f.

Veneza para namorados e enamorados

"Because we believe" ... que finalmente estamos em Veneza.


Link jeitoso

O presente link redirecciona para a página earthTV (Link) onde existem webcams em directo de Veneza e imagens em diferido de algumas horas antes.
Amplie p. f.

Como se estivesse cá os 2 dias ... Veneza

Explicar Veneza não é fácil, podemos "meter água", é uma cidade invulgar. A mais similar é a Veneza do norte (Amsterdam) com os seu seculares edifícios preservados, que por sua vez "atira" que Veneza é a Amsterdam do sul. Disputas à parte, hoje é o dia do "nosso" porto. Nada melhor para explicar que a força do vídeo. Segue um documentário de 46 minutos dividido em 4 partes, para espreitar aos poucos no trabalho :o) ou para ver em pleno desde casa. Modere-se, poupar para vir presencialmente a um cruzeiro é o seu objectivo, conserve o emprego! Estamos cá para o aliciar.
Apresento-vos a "cidade maravilhosa" da Europa:



13 junho 2011

Porto de Veneza, por aqui chegaremos ...

A esta hora, 23 horas de Lisboa, não atingimos todavia o meio do trajecto. Tudo agradável, vento fraco de direcção variável, 21ºC, não há nuvens baixas, 77,9% humidade relativa e uma visibilidade de 10Km. Seguimos a uma velocidade moderada, 18,7kn (34,6Km/h), faltando-nos cumprir 231,10mn (427,99Km) para chegar amanhã pelas 14h a Veneza.

A previsão do tempo para os dois dias da nossa estada em Veneza
Candidata-mo-nos a excelentes condições para boas fotografias

Vamos conhecer o porto de Veneza, dos mais movimentados da Europa:


Observe como é a chegada através deste link particular publicado no youtube.
Outro vídeo algo moroso mas que vale a pena, a chegada à zona de atracagem.

Ambos com o Celebrity Solstice, o primeiro a bordo.

Rumo: Veneza!

Estamos já em mar aberto, em pleno Adriático rumo a Veneza, após duas horas a contornar montanhas e ilhas. Veneza é a cidade dos canais e para visitá-los vamos experimentar algo menos sofisticado que as baleeiras do Solstice: o vaporetto (pequeno barco). É o "autocarro" de Veneza, com tangentes e acostagens menos carinhosas, sempre a aviar. Notamos porque não estamos acostumados, para os naturais de Veneza é um solavanco de "autocarro". Entrar e sair do vaporetto consiste em ser decidido, nada de hesitações. Neles poderemos ver em ambos os lados do grande Canal palácios históricos e pontes. Veneza tem suas fundações sobre um conjunto de 120 pequenas ilhas. Colegas de viagem e restantes passageiros poderão deliciar-se com a Praça de São Marcos, o Palácio Ducal e a Basílica de São Marcos. Através do canal Della Giudecca poderão  ver a ilha de Lido, famosa por ser a sede do Festival de Veneza. A Entrada do Solstice em Veneza será marcante para quem nunca esteve e com certeza experimentará logo o vaporetto mas, não deixe de dar um passeio em gôndola pelos pequenos canais.
Onde já vamos! Primeiro temos que navegar, a partir deste exacto mome
nto, 325.75mn (603.29 km) durante umas 20 horas. Chegaremos a Veneza amanhã pelas 14:00h locais. Desde a nossa saída de Barcelona já navegamos 1,264.18mn (2,341.27 km).
O esplendor de Veneza com imagens do seu Carnaval que não teremos, naturalmente, oportunidade de ver.

Dia de Kotor e de Pessoa

Em dia de escala em Kotor e de "aniversário" de Fernando Pessoa decidimos juntá-los.
Dia de sol em Kotor com 27ºC. O belo em dia limpo, por isso:
"I know not what tomorrow will bring… " (" ... não sei o que o amanhã trará")
Fernando Pessoa
Vamos gozar na plenitude a nossa escala
Apesar dos cantos e recantos deste emaranhado geológico os horizontes são largos e agradáveis

Horizonte:
"Ó mar anterior a nós, teus medos
tinham coral e praias e arvoredos.
Desvendadas a noite e a cerração,
as tormentas passadas e o mistério,
abria em flor o Longe, e o Sul sidério
'Splendia sobre as naus da iniciação.
Linha severa da longínqua costa -
quando a nau se aproxima ergue-se a encosta
em árvores onde o Longe nada tinha;
Mais perto, abre-se a terra em sons e cores,
e, no desembarcar, há aves, flores,
onde era só, de longe, a abstracta linha.
O sonho é ver as formas invisíveis
da distancia imprecisa, e, com sensíveis
movimentos da esp'rança e da vontade,
buscar na linha fria do horizonte
a árvore, a praia, a flor, a ave, a fonte-
os beijos merecidos da Verdade."
Fernando Pessoa



Mar português:
"Ó mar salgado, quanto do teu sal
são lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram
quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu
mas nele é que espelhou o céu."
Fernando Pessoa

Curiosas palavras para relembrar em cruzeiro a bordo de um navio com todas as comodidades

Kotor de nome, preciosidade de apelido.

Sem qualquer perfeccionismo técnico, o golfo de Kotor é um dos mais originais "emaranhados" geológicos do mundo. Composto por vários pequenos golfos ligados por canais estreitos, formando um dos melhores portos naturais da Europa. Parece um fiorde. Na verdade a entrada do golfo foi formada por um sistema fluvial. Uma intensa actividade tectónica no passado levaram a desintegração do rio. As chuvas e cursos adicionais de água fizeram o resto ao longo dos tempos. Kotor (Link) é um momento alto da natureza na nossa viagem.
Acabaremos o cruzeiro salientando alguns portos mas em abono da verdade é uma injustiça porque é difícil de comparar e é desta variedade que ficamos preenchidos nas expectativas.
Depois do percurso no mar Adriático, o Celebrity Solstice fará um slalom por entre enseadas, ilhas, passagens para chegar a Kotor, fim da odisseia pois é a cidade mais interior deste conjunto geológico. Nesta ida o percurso será efectuado durante a noite. Para os madrugadores será interessante observar o nascer do sol por entre estes rochedos. A nossa atracagem está prevista para as 7:00 horas locais. Os "dormedores" estão com sorte pois a saída nesta escala far-se-á pelas 16:00, havendo umas boas 5 horas de luz natural para ver a paisagem.
Ilha de São Jorge na baía de Kotor
Kotor, até custa a dizer, marca meio cruzeiro de 12 dias na parte oeste do Mediterrâneo, temos ainda momentos fabulosos pela frente, Veneza a dobrar (2 dias, uma noite para desfrutar do ambiente nocturno desta romântica cidade), Dubrovnik e 2 dias de mar no regresso a Barcelona para descansar.

12 junho 2011

3 avaliações

Creio já poder emitir uma excelente opinião sobre 3 componentes da viagem a bordo do Celebrity Solstice. Excelente para a qualidade dos espaços (materiais usados, bom gosto na decoração, funcionalidade e disposição), para os serviços prestados em qualquer das áreas e a qualidade da alimentação (confecção, variedade, quantidade e a disponibilidade horária).
O restaurante "generalista" do Solstice é um belíssimo espaço que muda de ambiente pelo jogo de luzes todas as noites, chama-se Grand Epernay Dining Room. Se é bom "dente" não precisa de se preocupar com o menu, abra e aponte "ao calhas", acerta sempre. Existe na tripulação elementos de nacionalidade brasileira, gerando um cumplicidade agradável: - experimente isto, e aquilo e mais aquele ... ufa, alguém que me "arraste" pro camarote, vão me cobrar excesso de bagagem a mim e não à mala :o)
Hora do chá.