11 junho 2011

Napoli!

Estamos bem perto de Nápoles, ainda navegamos, creio que o capitão abrandará o andamento para chegar à hora estabelecida.
Se nos perguntarem o que fazer em Nápoles (Link), diremos honestamente Pompeia (Link) ou Ilha de Capri - Gruta Azul (Link), vale muito a pena mas terá que se decidir por uma porque não é possível fazer as duas no mesmo dia.
Mas há mais ...
O povo italiano é simpático, descarado e muito expressivo. Como todos os latinos fazem muito barulho ao falar, dão ênfase ao que dizem com as mãos. Sentirá saudades destes saudáveis pestes sem lei ou regra. Depois de regressar a casa verá como se ri sozinho por particularidades que vai observar na viagem e aposto consigo que vai sentir saudades de voltar. Decidi ser também um peste, em tributo aos italianos nesta cidade que refina o tradicional carácter. Creio que os amigos italianos não levarão a mal e inclusivé dirão que pecamos por defeito. Deixemo-nos de enrolar a conversa e vamos esclarecer.
Há uma outra atracção a ganhar adeptos em Nápoles, seguindo a máxima italiana do "Dolce Fare Niente", pegue no mapa, procure o traçado mais confuso que encontrar, uma rotunda ou confluência de ruas, verifique se tem esplanada, leve a câmara de vídeo, sente-se e observe.

Quem conduz em Nápoles pode conduzir em qualquer outra parte do mundo, inclusive Cairo e as maiores cidades da Índia. Segue uma aula de condução e código:

Sem comentários:

Enviar um comentário