31 julho 2011

Novidades da Cunard

A  Cunard está empenhada em inovar dentro da natural sobriedade British. Foram anunciados novos atractivos a bordo de qualquer dos seus navios com a participação de destacadas individualidades em diversas áreas. Artistas em geral, escritores, políticos, astronautas, jornalistas, ministros e embaixadores terão oportunidade de explanar questões da actualidade e curiosidades com os passageiros, ficando disponíveis para as suas perguntas.
Um momento alto ocorrerá no dia 05 de Junho de 2012 quando em Southampton as "3 rainhas" da Cunard (Queen Mary 2, Elizabeth e Victoria) se encontrarem para a comemoração do Jubileu de Diamante de sua Majestade a Rainha Isabel II
Quanto a itinerários haverá alterações a partir da Primavera de 2012. O Queen Mary 2, de 2.620 passageiros, vai realizar 25 travessias transatlânticas. O Queen Elizabeth, de 2092 passageiros, vai navegar no Mediterrâneo, Israel, Egipto, ilhas gregas, e o Báltico. Uma nova e diferente viagem está programada para 36 dias ao que se pode chamar de "trans-pacífico desde Los Angeles. Por último o Queen Victoria, de 2.014 passageiros, fará de Southampton o seu porto de partida no próximo ano, em cruzeiros que o levará ao Mar Negro, Turquia, Noruega, Rússia, Marrocos e Bulgária. Dirija-se ao configurador (Link) de cruzeiros da Cunard, se estas dicas lhe despertaram interesse.
 amplie p. f.
A Cunard na sequência do passado inglês em terras da Madeira tem especial atenção no seu site com imagens em vídeo da ilha que poderão observar neste link. Os Açores não foram esquecidos e merecem uma abordagem. Lisboa com um filme e o Porto como escala merecem igualmente destaques.
Faz muito tempo, descubra ...

30 julho 2011

Volcán de Tinamar, primeira vez no Funchal

Volcán de Tinamar à saída do porto do Funchal (amplie)
A Naviera Armas colocou em rota o seu novo navio no trajecto Canárias - Funchal - Portimão e regresso. Esta manhã, o Funchal teve a oportunidade de conhecê-lo e de o brindar à chegada com jactos de água provenientes dos rebocadores ao serviço. Em curta escala para trocas de passageiros e automóveis partiu já rumo a Portimão. O Tinamar estará nesta rota pelo menos durante o verão fazendo utilidade da sua maior capacidade em altura de mais solicitação com as férias de verão de muitos portugueses e espanhóis das ilhas e da península.
A próxima escala no Funchal, segunda-feira próxima, trará de Portimão os carros de competição para o Rally Vinho Madeira.
A sua dimensão faz-se notar no exíguo espaço destinado aos ferrys no porto do Funchal, tendo no entanto uma presença silenciosa na sua motorização. Excelentes notícias para todos quanto possam usufruir do Volcán de Tinamar pelo menos neste verão, aproveitem a oportunidade de experimentar cruzeiros de 1 dia trazendo o seu carro.
Tinamar a acelerar para velocidade de cruzeiro na baía do Funchal (amplie)

Cruzeiro em Veleiro

Cruzeiro não implica só mar e oceano, pode ser em rio ou lago desde que navegável e com embarcações adequadas. Não implica ter como horizonte um extenso mar, poderá ter paisagem a ladear. Não implica ser grande, pode ser pequeno ou baixo para passar por baixo de pontes normalíssimas de uma cidade. Mas também pode deixar de ser exclusivamente a motor. E se fôr um veleiro com um auxiliar? Foi a aposta da "Star Clippers" (Link). O estômago deve ser um nadinha mais resistente, o serviço é igual com a vantagem de conhecermos quais os procedimentos (bem diferentes) durante a navegação. Observemos:

29 julho 2011

Fascinosa, Capitã e Pizza!

Costa Fascinosa em Marghera
O Costa Fascinosa viu "água" pela primeira vez! Efectivamente o mais recente navio da Costa teve hoje uma cerimónia de lançamento técnico no estaleiro Fincantieri, em Marghera.
Uma vez concluídos os trabalhos interiores, o Fascinosa com 114.500 toneladas e capacidade para 3.800 passageiros partirá no seu primeiro cruzeiro a 2 de Maio de 2012. Cerca de 3.000 funcionários dos estaleiros e outros 7.000 de indústrias ligadas aos fornecimentos (camarotes, equipamentos, etc) estão contabilizados na mão de obra necessária para para a construção do navio. O investimento total da Costa Cruzeiros para a construção do Fascinosa eleva-se a 510 milhões de euros.

*
A Royal Caribbean anunciou que vai promover Lis Lauritzen a "Master" do seu navio Vision of the Seas no final do corrente mês. A Royal Caribbean foi a primeira companhia de sempre a quebrar a barreira do sexo nos quadros de comando de todos os navios de cruzeiro em 2007, com Karin Stahre Janson como capitã do Monarch of the Seas. Desde então o exemplo foi seguido pela P&O e pela Cunard em 2010.
Vision of the Seas
*
A entrega de Pizza`s vai de vento em popa na Norwegian, os bons resultados das entregas nas 24 horas do dia aos camarotes ou disponibilizadas em áreas próprias do Norwegian EPIC, levaram os seus responsáveis a  implementar semelhante serviço nos seus 11 navios.

28 julho 2011

Visitas aos bastidores dos navios da Royal Caribbean


A Royal Caribbean anunciou a inclusão de um novo tour, comum a todos os seus navios, e que se junta à lista disponível nas escalas. Por 150 Dólares americanos e por uma vez em cruzeiros até 7 dias e duas para cruzeiros com duração superior a uma semana, os passageiros poderão visitar os bastidores dos seus navios no “tour” que intitulam de ‘All Access Tour’.
A visita aos espaços não acessíveis aos passageiros, para além da rentabilidade adicional que traz à companhia, demonstra o seu à vontade quanto às condições de trabalho que oferece às suas tripulações. A visita guiada consiste pela passagem e explicações nas cozinhas dos navios, na casa das máquinas e de controle, a ponte de navegação, bastidores do teatro e dos shows, entre outras áreas que são restritas ou fechadas aos passageiros.
Apesar das iniciais resistências da Royal Caribbean, por razões de segurança e encargos com seguros, a companhia segue os exemplos da Princess com o programa “Ultimate Ship Tour” de 2008 e ”Behind the Fun” em 2009 da Carnival.

27 julho 2011

Breves

Em rota até Messina (Sicília), o Carnival Magic esteve em particular acção na manhã de segunda-feira dia 25, no salvamento de 2 indivíduos a bordo de um iate a motor que registou uma avaria. Sem propulsão, a embarcação viu-se à deriva em mar revolto e ventos fortes.
Com a chegada do Carnival Magic, este posicionou-se a proteger o iate da ondulação forte até a presença de um navio especializado neste casos da Guarda Costeira Espanhola. O iate foi rebocado para Mallorca.
O Carnival Magic está em cruzeiro de 7 noites com partida de Barcelona.
Holland America Line vai alterar itinerários do ms Zaandam em 2012 na Ásia naquilo que designa de Asia Explorer Voyages, com viagens de 14 dias. Haverá uma viagem especial, também de 14 dias, com partida e chegada de Hong Kong num itinerário de vários portos chineses e da Coreia do Sul, das escalas consta Incheon (Seul) e (Cheju) Jeju City, Coreia do Sul.
O porto de Oslo expressou o seu desejo que os cruzeiros continuem a confiar na segurança do seu país e que continuem a escalar regularmente o seu porto dentro da tradicional normalidade.
Numa altura de controvérsia com a dívida externa americana, soubemos que indústria de cruzeiro norte-americana gerou 329.943 postos de trabalho promovendo um impacto salarial de 15,2 bilhões dólares na economia dos EUA em 2010. Representa um aumento de 5,1% no emprego e um aumento de 7,0 % dos salários comparativamente a 2009. Estes elementos fazem parte de um estudo independente encomendado pela Cruise Lines International Association (CLIA).
Programa de Expansão do Panamá Canal, conhece por estes dias trabalhos de lançamento de betão que vão dar forma a um novo conjunto de eclusas, marcando uma das fases mais importantes e visíveis da construção, com certeza igualmente  populares no futuro com as imensas fotos dos cruzeiristas.
Em março passado, o Grupo Unidos por el Canal SA (GUPCSA), responsável por este projecto, tinha começado derramar concreto magro (vulgo betão podre) em ambos os locais do bloqueio das eclusas de forma a proteger o betão efectivo. Em larga medida, estes trabalhos das eclusas consomem mais tempo em preparativos do que propriamente a dar forma à estrutura.
A excelente resposta dos norte-americanos na aposta da Crystal nos cruzeiros, desde portos dos Estados Unidos, estão a fazer os seus responsáveis a repensar o modelo previsto para 2012, estando na forja um incremento de cruzeiros. Aguardemos por novidades.

A MSC Cruzeiros criou uma oportunidade única para os seus passageiros conhecerem o melhor da deslumbrante região de Abu Dhabi e dos Emirados Árabes Unidos. Como novo destino para a temporada de inverno 2011-2012, a companhia italiana trabalhou na criação de um largo número de excursões em terra, onde é possível visitar os locais mais fascinantes do mundo árabe.
 O luxuoso navio MSC Lirica tem um calendário de dezanove cruzeiros de 8 dias-7 noites com partidas de Abu Dhabi, todos os domingos, a partir de 30 de Outubro até 4 de Março de 2012, e, em alternativa, com partidas do Dubai, todas as sextas-feiras, de 28 de Outubro a 9 de Março de 2012.
 Com paragem nos Portos de Khasab e Muscat, no Sultanato de Omã, bem como em Al Fujairah, nos Emirados Árabes Unidos, e com duas noites inesquecíveis em Abu Dhabi e no Dubai, os passageiros do MSC Lirica podem desfrutar das atracções mais impressionantes da região graças à variedade de excursões disponíveis.

26 julho 2011

Um dia no porto de Lisboa

MSC Poesia no cais de Alcântara
Na nossa edição nº 3 da revista Cruzeiros, à venda nas bancas, o porto de Lisboa é focado por três ocasiões, uma na descrição de uma "Experiência MSC", outra na entrevista com o Senior Cruise Director Fernando Oliveira e através da nossa habitual rubrica de portos.
Para quem conhece Lisboa e para aqueles que simplesmente aterram para embarcar num cruzeiro, a vista desde o deck superior de um navio de cruzeiros sobre a cidade impressiona. Pela composição de elementos mundialmente identificativos da cidade e por um misto de sobriedade, calma e tons de pastel que se intensificam com o sol.
Desde o self-service do navio.
O porto de Lisboa possuí na prática 5 zonas de atracagem de navios de cruzeiro que são geridas de acordo com o número de navios em trânsito e as suas características: 
TPA - Terminal de Cruzeiros de Alcântara 
TPSA - Terminal de Cruzeiros de Santa Apolónia 
TPSAM -Terminal de Cruzeiros de Santa Apolónia Montante 
TPSAJ -Terminal de Cruzeiros de Santa Apolónia Jusante 
TPJT - Terminal de Cruzeiros do Jardim do Tabaco
Cais de Santa Apolónia com Deutschland ao fundo e o The World em primeiro plano, foto obtida em navegação desde o MSC Poesia com zoom.
Para quem faz escala e se não está em causa um tour definido, calcorrear Lisboa significa estar a 15 minutos para tudo o que é importante, o que é uma resposta que se obtém com agrado quando se é passageiro, significa aproveitar bem o tempo numa escala de horas, os sortudos pernoitam e conhecem uma cidade que se transforma.
Os Terminais de Alcântara e de Santa Apolónia, ambos situados na margem norte do rio Tejo, são ladeandos pelo centro histórico e cultural de Lisboa. Os tais 15 minutos a pé.
Todos os terminais estão dotados de equipamento de Raios-X para passageiros e bagagem, dispondo ainda de telefones públicos, lojas de artesanato, informação turística e áreas de parqueamento para autocarros e táxis.
O porto de Lisboa dispõe também do cais do Jardim do Tabaco, uma infra-estrutura recente destinada igualmente aos navios de cruzeiro.


No deck superior, passageiros atentos às margens, no deck das piscinas passageiros- banhistas surpreendidos pela sombra e som que provém da Ponte 25 de Abril.
Em Maio último soubemos os números do Porto de Lisboa na área dos cruzeiros. Registou um aumento de 90% no número de passageiros relativamente a 2010, situando-se em mais de 116 mil passageiros, enquanto que o número de escalas registou um acréscimo de 18%, passando para 66. Prova que os navios que aportam Lisboa são cada vez maiores, para 18% de acréscimo em escalas representou mais 90% de passageiros. Lisboa afirma-se paulatinamente no cenário internacional das escalas de cruzeiros, por vocação e porque a inovação está cada vez mais presente na industria dos cruzeiros, dos dois lados, portos e companhias de cruzeiros. 
Torre VTS (controle de tráfego marítimo)
A aposta do porto de Lisboa nos cruzeiros começa a dar frutos com a correspondência das companhias e as suas escalas. Beneficia não só com os dividendos daí decorrentes mas também os portugueses que sem gastos em aviões podem usufruir de um cruzeiro a custos controlados. A par disto, conta a beleza da cidade com o porto a seus pés e a agradável surpresa que os passageiros levam, influente como promoção nas escolhas breves e futuras. A marca fica e foi com certeza assim que o porto de  Lisboa soube em Maio que ganhou prémio para o Melhor Porto Internacional de Cruzeiros na segunda edição dos prémios Cruise Excellence para a região do Atlântico/ Norte da Europa, promovido pela Cruise News Media Group. O prémio atribuído é resultado de um inquérito realizado a mais de 2.000 passageiros de cruzeiros que escalaram Lisboa.

Há muitas formas de escolher um cruzeiro, pôr-se a jeito de ser lembrado e aconselhado é se colocar na primeira linha das decisões. Saber acolher como Lisboa é um grande trunfo, o tempo trará a recompensa pois os prémios já começam a marcar presença. A concretização do novo terminal de cruzeiros (Link) irá contribuir para a melhoria do serviço prestado. Começam a confluir as condições para que Lisboa se assuma como porta Atlântica.
Observemos o vídeo institucional do porto de Lisboa:

25 julho 2011

Exemplo de renovação: Artania

 Amplie p. f.
Artania esta manhã no Funchal
Encontra-se no Funchal o navio de cruzeiros Artania da Phoenix Reisen para um visita de 2 dias ao arquipélago da Madeira, quebrando a aparência fraca do mês de Julho devido à sazonalidade típica do porto do Funchal nesta época. 2 dias, 2 escalas, o porto do Funchal hoje e o fundear frente a praia do Porto Santo amanhã. O Artania foi construído em Wärtsilä Marine (agora STX Europe) na Finlândia. À saída dos estaleiros em 1984 foi entregue à Princess Cruises sob o nome de Royal Princess. Com 230mt de comprimento, para uma capacidade de conforto de 1200 passageiros ou de 1323 quando as características do cruzeiro ou adesão assim o exigem. O Artania é servido por uma tripulação de 520 elementos. Considerado "avançado" na altura da sua concepção, o navio mantém uma aparência actual apesar dos seus 27 anos. A sua conservação muito deve aos anteriores proprietários, Princess e a P&O sob o nome de Artemis. Para além desta recente e profunda remodelação com resultados visíveis neste ano, já em 2005 havia recebido um tratamento igual. Apesar de já poderem não corresponder aos interiores actuais segue este link. O nosso colega Luís Filipe Jardim também postou no seu blogue.
 Amplie p. f.
Relembramos uma época onde o então Artemis da P&O, não muito longe no tempo (em 2008), visitava um porto do Funchal que propiciava belas fotos e era possível chegar bem perto, ao ponto de ouvir a animação no seu interior. Relembramos as ruidosas festas na sua bela popa à sua saída ao fim da tarde pela baía fora.
 Amplie p. f.
Recordemos os navios da Phoenix Reisen:

24 julho 2011

Os promos/ referências para os cruzeiros que ficaram sem filme

The Kiss Kruise

Recordando Rick Springfield Cruise de 2009

The Weezer Cruise

The Beatles Cruise

Links para os cruzeiros temáticos

A pedido de algumas "famílias" e a propósito do entusiasmo com que acolheram a nossa publicação sobre os cruzeiros temáticos, vamos aprofundar o tema sob o ponto de vista "mas é que vamos mesmo" :o)
Apesar de poderem adquirir pela internet, sugiro que as passagens sejam compradas via agência ou representante em Portugal. Existe mil e uma razões que nos levariam aqui algum espaço mas pense sobretudo em poder pegar no telefone e falar com alguém em português para qualquer circunstância ou acerto, é outro apoio, muito mais familiar e não paga mais.
É melhor ir de avião até aos EUA!
Carnival Destiny - The KISS Kruise (Link)
13 - 17 Outubro 2011
Carnival Destiny - Rick Springfield & Friends Cruise (Link)
5 - 10 Novembro 2011
MSC Poesia - ShipRocked (Link)
14 - 19 Novembro 2011
Liberty of the Seas - The Rock Legends Cruise (Link)
01 - 05 Dezembro 2011
Carnival Imagination - The Backstreet Boys Cruise (Link)
02 - 05 Dezembro 2011
Carnival Fascination - The Elvis Cruise (Link)
12 - 16 Janeiro 2012
Carnival Destiny - The Weezer Cruise (Link)
19 - 23 Janeiro 2012
Carnival Elation - The Rock Boat XII (Link)
01 - 05 Março 2012
Liberty of the Seas - The Beatles Tribute Cruise (Link)
04 - 11 Março 2012

Shiprocked de 2010 a bordo do MSC Poesia. Puro rock em sã camaradagem.

23 julho 2011

Cruzeiros temáticos Outono-Inverno

Há poucos dias noticiamos 9 cruzeiros temáticos, em abono da verdade, 9 cruzeiros e um tema ... "Rock n Roll". Decidimos colocar alguns filmes para que quem não conhece possa avaliar o ambiente a bordo. Algumas publicidades emitidas nas TVs dos EUA e filmes a bordo. Grandes ambientes, se desejarem mais é só colocar nos comentários.

Cruzeiro Elvis de 2009 no Carnival Inspiration



Cruzeiro The Rock Boat


Backstreet Boys Cruise


The Rock Legends Cruise

Recordando André Rieu a bordo do Ms Deutschland

Hoje, sábado 23 de Julho, Portugal terá o prazer de assistir através de satélite, em directo para 4 cinemas, ao concerto que ocorrerá em Maastricht - Holanda com André Rieu e a sua Johann Strauss Orchestra. Se conhece André Rieu também saberá que é um sucesso itinerante e que inclusivamente já deu um concerto a bordo de um navio de cruzeiros, o Ms. Deutschland (Link) em 2002. Recordemos os primeiros 15 minutos desse concerto, iniciando com imagens do navio, do concerto e dos convivas onde podemos observar o comandante deliciado com a honra:

Mais partes deste espectáculo disponíveis no Youtube.

Destaques da revista nº3, já nas bancas

Amplie p. f.

Vencedor do passatempo da revista nº2

Amplie p. f.

Participe! Adquira a revista, preencha o cupão, junte a foto e um texto, envie-nos:
Amplie p. f.

22 julho 2011

Are you ready for ... high seas rock?

Se anda calmo e afinal de contas deseja umas férias no mar com adrenalina o próximo Outono-Inverno vai aquecer. Os navios que apadrinham as iniciativas são:
Carnival Destiny, Carnival Imagination, Carnival Fascination, Carnival Elation, Liberty of the Seas, Oasis of the Seas e MSC Poesia.
Neste caso, mais do que escolher navios o caro cruzeirista deverá olhar para o programa e verificar o que está mais a seu gosto musical.  Ao contrário dos concertos tradicionais os espectadores poderão interagir com os membros das bandas, tirar fotografias, participar em conferências de imprensa, sessões de perguntas e respostas, etc. Os artistas é que passarão a ser passageiros normais.

13-17 Outubro 2011 * Cruizeiro: The KISS Kruise
Banda de Rock: KISS * Carnival Destiny
Vários concertos em 4 dias no trajecto Miami - Bahamas.

05-10 Novembro 2011 * Cruzeiro: Rick Springfield and Friends
Rick Springfield, Jack Wagner (Zoot), entre outros * Carnival Destiny
Vários concertos em viagem de 5 noites com escalas em Ocho Rios e Grand Cayman

14-19 Novembro 2011 *  Cruzeiro: ShipRocked (Hard Rock)
Hinder, Buckcherry, Queensryche e Sevendust * MSC Poesia
Riviera Mexicana * Actividades como concursos de tatuagens.

1 de Dezembro 2011 * Cruzeiro: Rock Legends Cruise
Este "festival flutuante" contará com mais de 18 bandas, onde estão incluídos: ZZ Top, George Thorogood e os Destroyers, The Marshall Tucker Band, The Outlaws entre outros. * Liberty of the Seas
De Fort Lauderdale até CocoCay e Nassau.
Nota: Este cruzeiro é patrocinado pela Native American Heritage Association e os proveitos provenientes do cruzeiro são dirigidos à assistência de emergência e programas de auto-ajuda para os nativos americanos que vivem em Sioux (reservas em South Dakota)


02-05 Dezembro 2011 * Cruzeiro: Backstreet Boys cruise 2011
Unicamente os Backstreet Boys numa repetição do já ocorrido o ano passado * Carnival Imagination
Sai de Miami e pernoita em Nassau * Beach Party Buffet incluído



12-16 Janeiro 2012 * Cruzeiro: The Elvis Cruise
5º ano em que se realiza este cruzeiro. Saída de Jacksonville por 4 noites até às Bahamas * Carnival Fascination.
Os fans poderão apreciar várias actuações de tributo. Painéis de discussão, desfiles de moda, projecções de filmes alusivos ao Rei do rock, entre outras actividades.


19-23 Janeiro 2012 * Cruzeiro: The Weezer cruise
Rock alternativo, contará com performances de quinze bandas, incluindo, Dinosaur Jr., Sebadoh e muitos mais. Saída de Miami até Cozumel e volta * Carnival Destiny




04-11 Fevereiro 2012 * Cruzeiro: Beatles Tribute Cruise 2012
Cruzeiro de uma semana que coincide com o 48º aniversário da primeira emissão televisiva com a banda nos EUA. Contará com vários artistas em tributo, sessões de narração de histórias sobre a banda (Tony Bramwell), danças e festas, aulas de viola, festa super-bowl, entre outras actividades.
Caribe Ocidental, 7 dias a bordo do Oasis of the Seas



01-05 Março 2012 * Cruzeiro: The Rock Boat XII
O Barco Rock - também conhecido como "Maior festival de rock-flutuante do mundo" voltará ao mar e será maior e melhor do que nunca. Contará com um grande número de colaborações musicais, noites temáticas, shows, entre outros. Artistas: The Alternate Routes, Tim Brantley, Carbon Leaf, Blackberry Smoke e Sister Hazel entre outros.
Saída de Nova Orleans para Cozumel * Carnival Elation

Todos os cruzeiros têm saída e chegada ao mesmo porto.

21 julho 2011

NCL projecta refúgio de luxo

O projecto "Braekaway da NCL prevê um "refúgio" de luxo nos decks 15 e 16 dos seus novos navios do projecto Braekaway. Consiste em 42 suites intituladas "The Haven" onde o grau de exclusividade da zona é alargada a mais serviços, nomeadamente um restaurante privado, um cocktail bar e um balcão de atendimento. Terá ainda um amplo pátio com a altura de 2 decks com piscina, 2 jacuzzis, duas salas de massagens, sauna e um terraço privado. Deste esta zona haverá uma passagem exclusiva que datá acesso ao SPA e centro de fitness do navio.
As suites dentro do "The Haven" poderão ir até à configuração de apartamento com sala de estar e sala de jantar, quartos com camas king-size e vidros amplos para acesso à paisagem exterior. Tem varanda privada e uma casa de banho ampla com banheira igualmente king-size entre outras comodidades. Poderão albergar um máximo de 8 pessoas.
Nas outras acomodações no The Haven existirão:
-21 suites com dois quartos e duas casas de banho.
-17 penthouses Courtyard que apresentam uma cama king-size, sala de estar e sala de jantar e um sofá-cama individual.
Exterior ao The Haven, o projecto Breakaway oferecerá ainda acomodações de luxo sem as áreas comuns privadas com a seguinte localização e configuração:
- 18 Penthouses na popa
- 16 Suites SPA também na popa semelhantes às introduzidas no Norwegian Epic. Estas suites apresentam uma decoração com temática de SPA, cama king-size, sala de jantar e uma banheira de hidro-massagem . As casas de banho possuirão um chuveiro tipo SPA e outro chuveiro tipo queda de água com jactos múltiplos dirigidos ao corpo, entre outros luxos.
Este novo conceito será introduzido nos navios da classe Jewel (Jewel, Jade, Pearl e Gem). No Norwegian EPIC, navio recentemente, os serviços a cargo dos mordomos (24 horas) serão ampliados.
A Norwegian expande assim a oferta e os conteúdos de suites e penthouses a bordo dos seus navios. 
Espreite o projecto aqui (Link).

20 julho 2011

SOLAS

SOLAS, é com frequência que ouvimos este nome invocado em muitas conversas sobre navegação marítima e portos. Para os lusófonos até soa pouco “estético” mas nada melhor que desmistificar o Safety Of Life At Sea.
A legislação denominada por SOLAS teve origem após o naufrágio do Titanic, como forma de reunir todas as experiências e estabelecer como legislação para assim trazer maior segurança no mar. O Titanic, apesar de todas as inovações publicitadas: segmentação de compartimentos, portas estanques, estação de rádio, etc, estas não evitaram o desfecho que todos nós conhecemos, o de largo número de percas de vidas humanas.
A 12 de Novembro de 1912 realizou-se em Londres a pioneira conferência sobre segurança no mar: Conferência Internacional sobre Segurança no Mar, embrião do primeiro acordo/ legislação posteriormente assinado a 30 de Janeiro de 1914 por vários países com tradições marítimas. Este acordo inicial estabelecia os requisitos mínimos a respeitar relativamente a equipamento de salvação e transmissões.
A 16 de Abril de 1929 ocorre nova conferência em Londres, onde 18 países participam com novas incidências e necessidades de regulamentação. Os navios de carga e os procedimentos/ protecção contra incêndios assumiram especial relevância. Amadurecidas as ideias, foram implementadas em 1933 as novas directrizes para a segurança no mar assumindo o nome de SOLAS.
Posteriormente a esta versão do SOLAS, dadas as novas tecnologias que são incorporadas nascem novas potencialidades mas também novos focos de potenciais situações de insegurança. Ocorrem acidentes e incêndios aos quais os relatórios reportam a insuficiência da legislação de 1933. Motivam a necessidade da terceira convenção do SOLAS ocorrida em 1948. A Inglaterra, a França e os Estados Unidos foram particularmente activos cedendo legislação própria que entretanto avançou mais rápido que o convencionado pelo SOLAS. Outros pormenores resultantes do debate também foram incorporados, dando forma ao denominado SOLAS48 que só entrou em vigor a 19 de Novembro de 1952.
De uma forma mais pró-forma, ocorreu a entrada do SOLAS 60, entrou em vigor em 26 de Maio de 1965. Basicamente correcções e emendas, sem regulamentação nova ou de profunda inovação. Posteriormente dá-se um longo período de discussão sem produção de legislação. Em 1966, já com 46 países a participar, um alargado número de especialistas propuseram alterações e emendas às normas existentes, grande parte motivada pelos incêndios a bordo e resultantes de uma amplitude temporal alargada pois tanto focaram navios construídos sob “jurisdição” do SOLAS48 como a entrada de novos materiais na construção naval daquela altura. Estas profundas alterações produziram o SOLAS74 que entrou em vigor a 25 de Maio de 1980, provocando previamente alterações estruturais aos navios que estavam de acordo com o SOLAS48.
A partir de 1980, sentiu-se necessidade de alterar e rever a legislação de 4 em 4 anos, motivado por um desenvolvimento e de uma inovação na construção naval muito mais acelerada.
Actualmente, estão definidas as áreas (12 capítulos) que produzem especificações e que resultam, de forma resumida, em legislação nas seguintes áreas para a segurança marítima:
  • Estruturas, estabilidade, motores, instalações eléctricas
  • Protecção contra incêndios, meios de detecção e extinção
  • Salvamento (treinos, procedimentos, equipamento, etc.)
  • Comunicações rádio (instalações, equipamento, energia, operadores, etc.)
  • Segurança da navegação, carga, transporte de carga perigosa
  • Navios nucleares, navios de alta velocidade
  • Medidas especiais para melhorar a segurança marítima

Testes de botes salva-vidas "freefall" da Verhoef, os mais exigentes para escape rápido ... para cargueiros.
Não se assuste! Para cruzeiros é bem mais suave :o)))))

19 julho 2011

Quando decidir, decida ambiente, o preço já pouco conta.

A situação repete-se como se de auto-copiativo se tratasse na larga maioria das actividades económicas. O mundo está dividido, de forma simplista em "2 sistemas". Os que se submetem às leis de mercado cumprindo exigente legislação, porque caso contrário podem ter qualquer sanção chegando ao ponto de fechar as portas. Onde os trabalhadores destas empresas gozam de protecção e regalias legisladas. As tecnologias e os procedimentos a observar devem ser homologados e a saúde observada.
Por outro lado existe um outro mundo, um segundo sistema, em estado evolutivo diferente, que faz das suas misérias trunfos para vencer no mercado global. É um jogo onde até desejariam chegar aos níveis de sofisticação dos que são exemplo mas usam um "atalho" para obter o mesmo resultado.

É assim que 2 mundos se apresentam ao consumidor. Por um lado um produto controlado, homologado e onde a montante uma série de regras foram cumpridas. Onde cada exigência traduz-se em custos que vão somando ao produto "per-si". Por outro lado e aproveitando-se da legislação menos elaborada, menos fiscalizada, com menos protecção e regalias aos funcionários, temos outras entidades, igualmente legais em circunstâncias completamente diferentes, que se apresentam com um produto ou serviço a um preço imbatível. A um preço que faz esquecer a qualidade porque o mundo anda em crise. Estão em pé de igualdade porque no momento da decisão não se olha para o histórico mas para o preço que está sobre a mesa num ambiente que não intimida.
Este dilema só se resolverá na exacta medida em que as origens menos desenvolvidas de alguns produtos ou serviços se forem equiparando aos outros mais regrados. Poderá acontecer por leis internacionais, por pressão dos funcionários, por rejeição internacional com a implementação das regras para a aldeia global. Entretanto, cada um olha para o seu bolso quando chega a hora de decidir o que pagar.
Mas, passos muito interessantes foram já dados. A indústria dos cruzeiros mantém-se fiel à bandeira do ambiente não havendo companhia que não a ostente. A nacionalidade adoptada por cada navio também se torna, hoje em dia, outra bandeira pela submissão às regras desses países, ou seja, a bandeira por conveniência pode ser uma mais valia para se apresentar ao potencial cliente pela exigência que significa. 
O cliente poderá menorizar os factos apresentados pelas companhias relativamente ao ambiente, pela forma como actualmente estas incidem a sua publicidade, todas falam. Não se deixe "amolecer", leia e observe o que significa, valorize os esforços destas. Só existem cruzeiros com belas paisagens e lugares idílicos, aqui não há duas opções ou atalhos. O Alaska e os Fiords são duas das zonas mais regulamentadas, com os requisitos mais elevados para navegar. O cliente tem aí a sua pista para escolher as companhias.
______________________________________________________________
Prosseguem os comentários no post "Opine por favor", se ainda não participou consulte e comente aqui (Link)