23 setembro 2011

Porto de Dover

O porto de Dover, localizado no sudoeste da Inglaterra é um dos maiores portos de passageiros da Europa, tendo nas suas instalações zonas próprias para cruzeiros e ferry boats. Na zona oriental do porto estão os ferry boats que por altura da abertura do Eurotunnel, em 1994, viram os seus negócios prejudicados pelo desvio de passageiros para o Eurostar. No entanto, encontraram novos equilíbrios nos negócios para situações não suportadas pelo Eurotunnel. A possibilidade de levar os veículos de e para o continente europeu e as pessoas que os acompanham, passaram a ser o "core business" em detrimento dos "unicamente" passageiros. Os números são impressionantes: 2.8 milhões de automóveis e motociclos, 2.1 milhões de camiões , 86.000 autocarros, entre outros veículos/equipamentos que em menor quantidade fazem parte desta "transfega" constante e sobretudo entre a ilha britânica e o continente europeu. 
amplie p.f.
Na parte ocidental do porto, localiza-se o "braço" dos cruzeiros com terminal activo desde 1990 e que pode receber 3 navios simultâneamente.
A privilegiada localização do porto de Dover, a 34 quilómetros de França e próximo de Londres canaliza, ainda, 14 milhões de passageiros ao ano para as suas ligações com França, outros portos do reino, ilhas britânicas, etc. Paralelamente, existe a frequência dos passageiros de lazer com os embarques e escalas dos navios de cruzeiro. A facturação deste porto cifra-se em 58.500.000£ ao ano, o que indica a dimensão dos negócios.
amplie p.f.
O porto começou por iniciativa privada em 1606, possuído e operado pela Dover Harbour Board. Nos nossos dias o porto é gerido pelo estado mas decorre uma vontade de abri-la ao capital privado, situação que pode ser observada no site oficial (Link). A gestão do porto reflecte a sua tendência privada pois possuí a sua própria força policial.
Em seguida, poderemos observar quais as atracções possíveis a partir deste porto que pertence à Cruise  Atlantic Europe, com Londres marcadamente presente:

Sem comentários:

Enviar um comentário