31 outubro 2011

MSC Lirica chegou por primeira vez à sua nova base: Abu Dhabi

Abu Dhabi atingiu um novo marco no desenvolvimento do turismo de cruzeiros com a chegada ao novo terminal temporário de cruzeiros de Mina Zayed do luxuoso MSC Lirica – o primeiro a ter como porto base a capital dos Emirados Árabes Unidos.  O MSC Lirica chegou a Mina Zayed no dia 29 de Outubro, oriundo de Génova, Itália e os seus passageiros e tripulação participaram numa calorosa celebração de boas vindas com um fabuloso espectáculo de fogo-de-artifício, antes de desembarcarem para o terminal onde foram recebidos com demonstrações de tatuagens de henna, falcoaria e caligrafia e com as tradicionais danças Yolla e Ayallah.
O MSC Lirica partiu ontem para o primeiro de 19 cruzeiros de oito dias/sete noites da temporada 2011/2012, em torno de Abu Dhabi e dos Emirados, com escala em Muscat, Al Fujairah, Khasab, Omã e Dubai, com 95 escalas e rotações. Na sua escala inaugural pelo Golfo Arábico, os passageiros ficarão alojados nos 780 camarotes do luxuoso navio.
Para receber o MSC Lirica foi realizada uma cerimónia oficial no terminal de cruzeiros, onde estiveram presentes o Sheikh Sultan Bin Tahnoon Al Nahyan, Presidente da Abu Dhabi Tourism Authority (ADTA), Mubarak Al Muhairi, Director Geral da ADTA, Pierfrancesco Vago, CEO da MSC Cruises e a estrela mundial, ex-capitão da Selecção Nacional de Futebol de Itália, Fabio Cannavaro, convidado de honra da MSC Cruzeiros. Sheik Sultan disse aos convidados que o MSC Lirica será sempre recordado por abrir novos caminhos em Abu Dhabi. “Esperamos que se tenha aberto um caminho que muitos outros seguirão”, afirmou. “Muitos dos convidados que o MSC Lirica trouxe aqui – e muitos mais no futuro – verão a capital dos EAU pela primeira vez. Esperemos que não seja a última. Os nossos estudos revelam que 30% dos passageiros de cruzeiros regressam aos portos de escala para estadias mais longas e estamos ansiosos por receber cada vez mais visitantes, mais vezes. O investimento neste terminal de cruzeiros temporário irá provar que valeu a pena os esforços conjuntos da ADTA com a Abu Dhabi Ports Company, Abu Dhabi Terminals e Tourism Development & Investment Company, de forma a garantir que os nossos visitantes recebem as boas-vindas apropriadas.
Pierfrancesco Vago (CEO da MSC) com as autoridades do turismo de Abu Dhabi
A vinda do MSC Lirica para este porto base vem na sequência da assinatura de um acordo histórico de cooperação entre a ADTA e a MSC Cruzeiros, há cerca de um ano.  Na cerimónia Pierfrancesco Vago comentou “estou orgulhoso do que conseguimos até agora e confiante que este é apenas o começo de uma grandiosa era para o turismo de cruzeiros nos EAU. Creio que será uma relação longa e mutuamente benéfica para nós, para o porto e as autoridades de turismo, que vai garantir a visitantes de todo o mundo uma nova e estimulante visão ao viajar pela região”.  “Para assinalar a nossa convicção em Abu Dhabi como um inovador destino de férias e altamente desejável, planeamos trazer outro navio – MSC Opera – para Abu Dhabi em 2012/2013. Este navio, com uma capacidade superior ao MSC Lirica, com 867 camarotes, irá operar 25 cruzeiros com 125 escalas e trará mais 54.000 passageiros por ano, para esta zona”.
Aspecto final da frente de terminal de cruzeiros e de iates em Abu Dhabi
A ADTA estimou que a decisão da MSC Cruzeiros em colocar o seu porto base em Abu Dhabi vai gerar cerca de 22 milhões de dólares por temporada, em termos de impacto económico directo no turismo, companhias aéreas, alojamento, transporte, alimentação e bebidas e atracções lúdicas.  O turismo de cruzeiros tem sido uma prioridade nas metas do turismo de Abu Dhabi, que visa atingir 2,3 milhões de hóspedes de hotel no final do próximo ano. Abu Dhabi espera receber cerca de 170 mil visitantes de cruzeiros antes do fim da temporada de 2011/2012, que termina em Abril. O novo terminal temporário de Mina Zayed tem capacidade para receber, em simultâneo, 1.300 passageiros, e foi projectado para receber as temporadas de cruzeiros de 2011/2012 e 2012/2013. Tem cerca de 2.000 metros quadrados e dispõe de duas salas, uma para tratamento de bagagens e outra para utilização dos passageiros, com lounge, secção de segurança, salas de oração, escritórios, centro de informação a visitantes, câmbios, instalações alfandegárias e de emigração. “Temos fortes esperanças de que o negócio dos cruzeiros irá continuar a crescer no futuro, com projecções a longo prazo de 300 escalas e 600 mil passageiros para 2030”, afirma Mubarak Al Muhairi, Director Geral da ADTA.
HH Sheikh Sultan Bin Tahnoon em tour pelo MSC Lirica

Queen Mary 2 em contagem decrescente para doca seca

Os preparativos para a renovação do Queen Mary 2 em Hamburgo já começaram. A cidade espera receber o navio a 24 de Novembro, altura em que se inicia um contra-relógio até 8 de Dezembro. Durante este período o Queen Mary 2 renovará o seu pub The Golden Lion que receberá uma decoração mais "Country Club" americano em cores quentes, renovando estofos e televisores. Os camarotes receberão novas alcatifas, novos mobiliários e lençóis. A renovação de alcatifas e mobiliários passará igualmente pelo Queens Grill, Princess Grill, Commodore Club, The Veuve Clicquot Champagne Bar e Sir Samuels.
Serão adicionados "novos recursos" que a companhia espera informar em breve.
O Queen Mary 2 estará numa cidade que tem especial atenção para com a Cunard, sendo motivo de festa todas as vezes que aporta um navio seu em Hamburgo. Esta situação é retratada num artigo na nossa nova revista em banca.
amplie p. f.

30 outubro 2011

Norwegian Gem salva 5 canadianos

O Norwegian Gem resgatou ontem 5 pessoas do veleiro Sanctuary que ficou sem propulsão após o enfrentamento com grandes ondas no Atlântico e ter começado a meter água na embarcação.
Recebido o pedido de socorro, a guarda costeira americana informou o capitão Hakan Svedung do Norwegian Gem que de imediato alterou a sua rota para ir ao encontro da embarcação em sérios problemas. À sua chegada confirmaram-se as condições meteorológicas extremas com grandes ondas e ventos de 40 nós. A operação de resgate foi arriscada mas plena de sucesso, o que motivou o orgulho do capitão pela coragem e capacidade da sua tripulação. Confirmou que não só a tripulação do iate esteve em apuros pois a sua enfrentou péssimas condições. Os 5 canadianos do Sanctuary foram evacuados em segurança e chegaram ao porto de Nova Iorque pelas 8:30, destino final do Norwegian Gem num cruzeiro de 7 noites às Bermudas.

29 outubro 2011

Época brasileira

A exemplo de outras paragens, a sazonalidade dos cruzeiros nos destinos existe porque rumam a favor do sol e do bom tempo, na maioria dos casos. O Brasil conhece por esta altura a sua melhor perfomance no número de cruzeiros que navegam pelo seu mar e atracam nos seus portos, recebendo-os na plenitude da sua Primavera Austral que teve início a 23 de Setembro último e que termina a 21 de Dezembro. O bom tempo e uma maior predisposição para as férias trazem as "cidades flutuantes" ao encontro dos cruzeiristas brasileiros que de ano para ano aderem mais a esta forma de passar as suas férias.
O primeiro navio desta nova época brasileira aportou esta última sexta-feira no Rio de Janeiro, o Grand Mistral (Link) da Ibero Cruceros, chegado da travessia Atlântica desde Espanha. Com 216mt de comprimento e 48.200GRT, registado na Madeira - Portugal, está hoje está em Santos, local de embarque para o primeiro cruzeiro da época num itinerário de 7 noites pela América do Sul designado por "Ilhas Tropicais" e com as seguintes escalas:

  • 29 Out saída de Santos às 18:00
  • Rio de Janeiro 30 Out (08:00 - 19:00)
  • Búzios 31 Out (07:00 18:00)
  • Angra dos Reis 1 Nov (08:00 - 17:00)
  • Ilhabela 2 Nov ( 08:00 - 17:00)
  • Navegação 3 Nov
  • Porto Belo 4 nov (7:00 - 17:00)
  • Santos 5 Nov 07:00 fim do cruzeiro
Nota: ´Temporada 2011/2012 no Brasil" na sua nova edição da revista Cruzeiros.

O "Gang" da Cruzeiros está "Kool" em "Celebration"

Confirma-se a revista Cruzeiros nas bancas do país, desfrutem! Bom Fim de Semana na nossa companhia!



Pullmantur conquista idosos da Santa Casa da Misericórdia de Portimão

A convite da Pullmantur e com o acompanhamento do colaborador da Cruzeiros António Silva, tornou-se possível um pequeno sonho para um grupo de 10 idosos (entre 69 e 92 anos) da Santa Casa da Misericórdia  de Portimão. Embarcaram naquela cidade no navio Empress para um cruzeiro até Lisboa, situação nova para quase todos. Recebidos pelo Dr. Carlos Guarita, delegado em Portugal da Pullmantur, que proferiu algumas palavras de recepção, os idosos tiveram em seguida a oportunidade de conhecer o navio acompanhados pelo staff e de provar a excelente cozinha do Empress num jantar no restaurante Miramar, desta feita com o Director de Hotel Carlos Garcia a fazer as honras da "casa". Seguiu-se o espectáculo da praxe.
A Pullmantur, a Cruzeiros e todos quantos tornaram possível a presente viagem, ficaram satisfeitos pela alegria presente em cada rosto dos idosos da Santa Casa. Alegria, carinho e momentos únicos para recordar.
Sugerimos uma visita ao blogue "Portimão Cruises" (Link) para mais pormenores.

28 outubro 2011

MSC CRUZEIROS apresenta sugestões para a época festiva

A MSC Cruzeiros preparou para a época de Natal e Ano Novo uma variedade de cruzeiros de 8, 10 ou 12 dias, nas zonas mais atraentes do planeta. Desde o Mediterrâneo e Caraíbas, os novos destinos em Abu Dhabi e nos Emirados Árabes Unidos, ou os espectaculares cruzeiros na África do Sul e América do Sul, os passageiros podem escolher entre os 11 navios da companhia e navegar em grande estilo pelos mais belos cantos do mundo.

A MSC Cruzeiros em Portugal destaca 5 itinerários para o Natal. A bordo do MSC Splendida, os passageiros podem embarcar num cruzeiro de 8 dias, com partida de Barcelona a 18 de Dezembro e escala em Casablanca, Gibraltar, Valência, Marselha, Génova, Barcelona. O preço deste cruzeiro é a partir de €460, por pessoa em ocupação dupla. No MSC Fantasia, o cruzeiro é de 10 dias e parte de Barcelona a 20 de Dezembro, com destino a Málaga, Lisboa, Casablanca, Civitavecchia, Génova, Barcelona, com preços a partir de €930. No MSC Magnifica, a sugestão é um itinerário de 10 dias com partida de Veneza a 18 de Dezembro e escala em Bari, Rodes, Haifa, Atenas, Veneza, com preço a partir de €840. O MSC Poesia estará posicionado nas Caraíbas e o itinerário sugerido é de 8 dias, com partida a 23 de Dezembro. O cruzeiro tem partida e chegada de Fort Lauderdale em Miami, com escalas em Charlotte Amalie (St.Thomas), San Juan (Puerto Rico) e Nassau (Bahamas) e apresenta preços a partir de €660. O MSC Lirica estará a realizar os novos itinerários nos Emirados Árabes Unidos e a sugestão da MSC é um cruzeiro de 8 dias com partida de Abu Dhabi a 18 de Dezembro e escala em Muscat, Fuyaira, Jasab, Dubai, Abu Dhabi, com preços a partir de €560*.

No Ano Novo, a MSC Cruzeiros apresenta mais 5 itinerários. O cruzeiro de 8 dias no MSC Splendida parte de Barcelona a 25 de Dezembro e escala La Valletta, Tunis, Civitavecchia, Marselha, Génova, Barcelona, com preços a partir de €950. No MSC Fantasia, o cruzeiro é de 12 dias também com partida de Barcelona, mas a 29 de Dezembro e com destino a Málaga, noite de passagem de ano no Funchal, Sta.Cruz Tenerife, Casablanca, Civitavecchia, Génova, Barcelona, preço a partir de €1370. No MSC Magnifica, novo itinerário de 10 dias com partida de Veneza a 27 de Dezembro e escala em Bari, Rodes, Haifa, Atenas, Veneza, com preço a partir de €1140. O MSC Poesia fará novo itinerário de 8 dias, com partida a 30 de Dezembro de Fort Lauderdale, com escalas em Key West, Cozumel (México), Isla de Roatan (Honduras), Montego Bay (Jamaica) e regresso a Miami. Preços a partir de €1140. Por fim, o MSC Lirica realiza o mesmo itinerário de 8 dias nos Emirados Árabes Unidos com partida de Abu Dhabi a 25 de Dezembro e com preços a partir de €1120*.
A bordo de todos os navios as celebrações e entretenimento serão uma constante. Os passageiros que viajam nesta época festiva podem esperar um mundo mágico nos navios da MSC Cruzeiros, decorados a rigor para a ocasião com árvores e enfeites tradicionais, criando o cenário perfeito para os presentes do Pai Natal que vai encantar os mais pequenos. Existem ainda coros e cânticos de Natal, a Missa do Galo no teatro, concursos de Pai Natal, música ao vivo nos bares e lounges, além da discoteca aberta até de madrugada.

Na passagem de ano, a MSC Cruzeiros tem preparada uma festa de champanhe e balões, uma contagem decrescente no bingo com super jackpot e um brinde à meia-noite, para receber o novo ano. No calor da África do Sul, América do Sul e Caraíbas, a música ao vivo, a contagem decrescente e o brinde de Ano Novo serão realizados sob as estrelas em divertidas festas junto às piscinas do navio.

Para um clima de festa perfeito, existem ainda impressionantes espectáculos ao vivo, para todas as idades. O espectáculo Pirates narra o conto do lendário Billy Jones; Mirage é uma aventura de um visitante de um museu, lançado num mundo de sonho ao atravessar majestosamente a história da pintura – de Leonardo e Michelangelo a Magritte e Dali. Por outro lado, Senses é uma exploração pelo mundo dos sentidos da música, dança e espectáculo visual. Igualmente sensual é o Emotion on Ice, um duelo de dança para conquistar o coração de uma mulher onde maravilhosas surpresas e um flamenco apaixonado vão encantar o público. Follie Barock irá aquecer o ambiente com uma elegante explosão de letras de rock, dança, acrobatas e actuações aéreas.

Durante os cruzeiros de Natal e Ano Novo, a MSC Cruzeiros preparou também seis menus com pratos gourmet que reinterpretam os sabores clássicos e típicos da época e que vão surpreender também os vegetarianos e omnívoros a bordo. Para aguçar o paladar, ficam as sugestões de ravioli fresco recheado com abóbora e amaretti, salteados em manteiga de castanha e sálvia, lagosta grelhada com molho coral, bife Woronoff com sopa de mostarda em grão, molho de natas e Brandy, ou ainda o peru assado com recheio de castanhas e maçã... Para completar a festa, há ainda uma deliciosa variedade de sobremesas, onde a MSC Cruzeiros destaca as túlipas crocantes recheadas com sorvete de limão e frutos silvestres, sorvete gratinado ou bolos de chocolate, panettone, bolos de Natal, bolachas e petit fours. As bebidas são a cereja no topo do bolo, estando disponível desde Champanhe, Ponche de Natal e uma versão não alcoólica para as crianças.
 * Todos os preços apresentados representam o preço do cruzeiro, por pessoa em ocupação dupla

27 outubro 2011

Celebrity Silhouette em Lisboa

Celebrity Silhouette, navio da classe Solstice, propriedade/ operado pela Celebrity Cruises, entrando pelo rio Tejo no dia de ontem. É o quarto navio desta classe e entrou em serviço no presente ano depois do Solstice em 2008, Equinox em 2009 e Eclipse em 2010. A companhia aguarda pela entrega do último navio da série em 2012, o Reflection.
O Celebrity Solstice é tema de capa da nossa revista que dentro de poucos dias estará nas tabacarias e bancas. O Reflection é igualmente abordado na rubrica "Novos Navios"
O presente post teve a atenciosa colaboração do nosso leitor Fernando Carvalho, ao qual agradecemos o envio das fotos que poderão ser ampliadas.

Steve Jobs também gostava de navegar

Wedge Too
A relação de Steve Jobs com o mar não se limitava à introdução de tecnologias da Apple nos ciber-espaços dos navios de cruzeiro, ávidos por designs que os destacassem da concorrência. Sabe-se agora pela sua biografia de 774 páginas escrita por Walter Isaacson que o fundador da Apple dentro da personalidade humildade sonhava em ter um iate mas ... personalizado. Por aqui já estamos a pensar em algo transportado do imaginário das carcaças dos computadores ou do simplista design da Apple. A biografia revela que Jobs estava já há alguns anos a trabalhar no design de um superyacht, num trecho de texto disponibilizado pelo New York Times. O iate está em construção no estaleiro holandês Feadship - Royal Dutch Shipyards e dele pouco se sabe porque a empresa reserva sigilo para o caso dos iates personalizados e dos respectivos donos. Sabe-se que tem 75 metros, em estilo minimalista, funcional e com classe, possuí paredes de vidro com 12 metros.
O iate tem a colaboração do designer francês Philippe Starck que já prestou serviços a outras embarcações como Futurist (de 2008), Wedge Too (de 2003) e Virtuelle (de 1999). Do estaleiro onde está a ser construído "o-iate-de-Steve-Jobs":


E o seu? Deseja algo assim:

25 outubro 2011

Cruzeiros no Mississipi renascem

A revista Cruzeiros tem dado particular atenção a um segmento nos cruzeiros que é todavia pouco popular mas com grande potencial para surpreender e crescer, são os cruzeiros de rio. Na nossa quarta edição, que estará nas bancas no próximo fim de semana, poderão contar com um artigo de 3 páginas "Relax in rio", mas agora é momento de vos dar a conhecer algo de emblemático do rio Mississipi, os cruzeiros de propulsão a vapor com uma ou duas rodas de pás. Apesar da sua visibilidade em filmes e fotografias, quem visitava ultimamente Nova Orleans deparava-se com o abatimento destes navios e a decadência do negócio.
Hoje nos Estados Unidos, há cerca de 146 navios de rodas com pás, nenhum opera na indústria de cruzeiros. No entanto temos boas notícias e com data marcada, 13 de Abril de 2012. A companhia "The Great American Steamboat Company " vai baptizar o novo American Queen, o maior navio a vapor com rodas de pás de sempre. O navio terá  127 metros de comprimento, seis decks de altura e 222 cabines. Os cruzeiros de Inverno terão lugar no Mississippi inferior, visitando cidades como New Orleans, Baton Rouge, Natchez, Vicksburg e o porto base em Memphis. Os cruzeiros de verão terão um itinerário desde origem do rio Mississippi, parando em cidades ao longo do percurso: St. Louis, Hannibal, Dubuque, Minneapolis e St. Paul. A partir daqui seguirá pelo o rio Ohio visitando Louisville, Cincinnati e Pittsburgh. Há a possibilidade do Americam Queen viajar também pelo rio Tennessee e outros cursos de água a ele conectados mas nada foi dado a conhecer oficialmente.
Vai renascer o ambiente que levou famílias pioneiras rio acima para o que era então conhecido como o oeste selvagem. Os colonos dependiam dos navios a vapor com roda de pás para o abastecimento e até mesmo entretenimento. A música jazz viajou de Nova Orleans para Chicago em "showboats" e "paddlewheelers" da da famosa Streckfus Steamers Line. Quem quiser reviver estes velhos tempos poderá ler o livro "Life on the Mississippi" de Mark Twain.
Particularidade do antigo navio, observem esta maravilha a vapor:



Gostaram? :o) cá vai mais uma da "Disney" dos rios:

Sem dúvida, são novos tempos!

Os portugueses leitores do nosso blogue identificam LIDL como uma cadeia de supermercados alemã com preços muito competitivos. Os restantes leitores tomaram esse conhecimento. O que nenhum dos dois sabe à partida é que a LIDL quer diversificar a sua actividade em novos negócios e um deles é a de se assumir como um operador turístico, alocando alojamentos em hotéis e ... cabines em cruzeiros que serão comercializados sob marca própria. A notícia foi dada pela "Focus" alemã que assegura que a LIDL já prepara o seu folheto para arranque da actividade em 2012. A LIDL pretende focar-se inicialmente no mercado alemão, não confirmando todavia se exclusivamente com companhias da mesma nacionalidade.
Com mais de 9000 lojas por toda a Europa e apesar da sua posição de intermediário, ninguém dúvida da capacidade da LIDL em se estabelecer como um novo operador turístico e de colocar sob pressão as companhias de cruzeiro no que diz respeito aos preços praticados e das agências de viagens concorrentes. Aguardemos pela evolução das notícias.
Há uma certa vocação da LIDL em "navegar":

24 outubro 2011

Royal Princess

Após excelentes serviços sob a bandeira da Princess Cruises o antigo Royal Princess foi transferido para a P&O onde se passou a chamar Adonia:

A Princess Cruises ficou com um nome "liberto" e que será ostentado num novo navio já em construção nos estaleiros da Fincantieri - Monfalcone, o novo Royal Princess. Na passada semana, o primeiro bloco de 500 toneladas da estrutura total do navio foi posicionada em doca seca. Se falarmos em blocos a afirmação está certíssima mas em abono da verdade a construção iniciou-se em Março, do corrente ano, com a composição independente dos blocos para depois serem transferidos para a doca seca.
Uma das grandes particularidades deste novo navio é um passeio marítimo em forma de meia lua que desafia as linhas do Royal Princess. Esta "promenade" afasta-se do navio dando uma perspectiva única através da sua cobertura de vidro mas sobretudo do chão transparente que fará impressão aos passageiros por se situar no último deck, a cerca de 40 metros sobre o nível do mar.
Neste mesmo deck, a Princess vai inovar dentro dos seus padrões, com áreas exclusivas para adultos onde o "Sanctuary" terá uma piscina privada com cabanas, em ambientes "a dois", com um clube de dança ao ar livre, espaços de leitura, etc.
A exemplo dos navios da classe Solstice (que falamos na nossa nova edição da Cruzeiros), o novo Royal Princess terá o "Movies under the star" com o maior ecrã instalado até à data num navio de cruzeiros. Nesta zona haverá também espectáculos com jogos de água e luz para entreter os passageiros.
Observemos uma previsão do que será o novo navio:

23 outubro 2011

Capa da 4ª edição Cruzeiros

amplie p.f.

Cruzeiristas, fans de navios, amantes das viagens, na semana que ora começa poderão ver a Cruzeiros nos escaparates das tabacarias e bancas. Pensamos que se destacará, avaliem ampliando, aqui está a imagem de capa da edição 4.
A revista Cruzeiros deverá chegar à casa dos assinantes até ao final da semana útil e no fim de semana ao público em geral através das tabacarias e bancas por todo país.

Por altura da terceira edição muitos dos caros leitores colocaram palavras elogiosas no presente blogue e isso representa responsabilidade. Tentamos promover mais um salto qualitativo, esperamos surpreendê-los. Garantidamente, será uma edição mais "colorida" e com os seguintes temas:

Estaleiros Meyer Werft
Celebrity Solstice
Culinária a bordo
SPA
Mini e miniature golfe
Boas Festas a bordo
Relax in rio
Temporada 2011/2012 no Brasil
Argentina e Cabo Horn
Austrália
Antárctica
Entrevistas
Breves
Miami
Porto de Hamburgo
Paquete Infante Dom Henrique
Paquete Maxim Gorky
Portos nacionais
Estabilizadores de balanço
Clipper Round the World Race/ MAR
Sites e blogues
Vencedora do concurso de fotografia

Aguardemos por novidades! Sabemos o conteúdo mas recebemos quase ao mesmo tempo que os caros leitores em papel.

21 outubro 2011

Bremen no Funchal

Este navio de pequenas dimensões é operado pela Happag Lloyd desde 1993. "Nasceu" sob o nome de Frontier Spirit e foi construído no estaleiro naval da Mitsubishi em Kobe - Japão em 1990.
Foi notícia por duas ocasiões, uma por ter enfrentado um forte temporal em 2001 no Atlântico sul que lhe provocou extensos estragos, inclusive uma janela da ponte de comando e a ausência de propulsão por duas horas que o deixou à deriva. Em 2003, numa viagem do Bremen à Antárctica, a sua tripulação deparou-se com uma ilha não cartografada que se passou a chamar no ano seguinte Bremeninsel. Esta acção abriu caminho para em 2006 o Bremen ter navegado com sucesso pelo Northwest Passage ajudado por imagens de satélite e participando na marcação da posição do gelo de modo a facilitar a passagem de outros navios.
O Bremen como deverá ter depreendido é um navio de cruzeiros que se aproveita da pequenez para usufruir de lugares recônditos ou pouco manobráveis, proporcionando aos seus clientes viagens únicas, verdadeiras expedições. É neste âmbito que os Açores beneficiaram recentemente da sua visita por todas as suas ilhas, situação que se repete em 2012 com partida de Lisboa, visita às ilhas açorianas, passagem pelo Funchal e terminando em Santa Cruz de Tenerife (Link). A recente viagem do Bremen nos Açores pode ser observada no blogue da Azores Cruise Club entre os dias 11 de a 19 de Outubro.

Nota: O Bremen realiza cruzeiros à Antárctica, continente abordado na próxima edição da Cruzeiros.
Dica: Northwest Passage

Costa Favolosa nos Emirados Árabes Unidos

A Costa Cruzeiros anunciou o reforço da sua presença nos Emirados Árabes Unidos, durante o próximo Inverno, com o novo navio Costa Favolosa. “O Costa Favolosa será o maior e mais avançado navio a operar na região,” anunciou o presidente da Costa Cruzeiros, Gianni Onorato. “O navio oferece a oportunidade única aos passageiros de visitarem os destinos mais fascinantes envolvendo os Emirados Árabes Unidos e Omã a bordo de uma maravilha flutuante que proporciona um excelente conforto, serviços exclusivos e entretenimento hi-tech: cabines e suites com varandas privadas, Samsara Spa, balneários espaçosos, além de golfe e simuladores de Fórmula 1. Há diversão para toda a família no Aqua Park, no cinema 4D e no PlayStation World.”
A Costa Cruzeiros anunciou o reforço da sua presença nos Emirados Árabes Unidos, durante o próximo Inverno, com o novo navio Costa Favolosa.
“O Costa Favolosa será o maior e mais avançado navio a operar na região,” anunciou o presidente da Costa Cruzeiros, Gianni Onorato. “O navio oferece a oportunidade única aos passageiros de visitarem os destinos mais fascinantes envolvendo os Emirados Árabes Unidos e Omã a bordo de uma maravilha flutuante que proporciona um excelente conforto, serviços exclusivos e entretenimento hi-tech: cabines e suites com varandas privadas, Samsara Spa, balneários espaçosos, além de golfe e simuladores de Fórmula 1. Há diversão para toda a família no Aqua Park, no cinema 4D e no PlayStation World.”
A Costa Cruzeiros passará, assim, a fazer 22 escalas em portos nos Emirados Árabes Unidos durante o Inverno 2011/2012, esperando movimentar cerca de 233.000 passageiros. Com o posicionamento deste navio, a Costa consolida a sua posição na região – onde oferece viagens de cruzeiro desde 2006.
Entre 16 de Dezembro de 2011 e 6 de Abril do próximo ano, o Costa Favolosa fará cruzeiros no Golfo da Arábia. “Jóias dos Emirados” é o nome deste cruzeiro de sete dias, com dois dias no Dubai, escalas de um dia em Muscat (Omã), Fujairah (Emirados), Abu Dhabi (Emirados) e Khasab (Omã), que finaliza com uma noite no Dubai.
Observemos o interior do Costa Favolosa, 8:37 minutos:

20 outubro 2011

Cunard muda-se para as Bermudas

A centenária companhia Cunard que desde 1840 regista os seus navios em Southampton anunciou formalmente que vai registar toda a sua frota: Queen Mary 2, Queen Victoria e Queen Elizabeth nas Bermudas, passando a constar no final deste mês "Hamilton" na popa de todos os seus navios.

A informação oficial destaca que deste modo a companhia pode promover uma série de novos serviços, particularizando o caso dos casamentos em alto mar que regista significativa procura.
Esclareça-se que os navios com bandeira britânica não estão autorizados a oferecer este serviço em navegação. Sob a lei britânica, os casais só se podem casar a bordo quando este está no porto e apenas por um "ministro" para o efeito ou notário. A Cunard está em desvantagem competitiva no mercado neste lucrativo segmento experimentado já pela P&O Cruises e pela Princess Cruises, bem como os navios da Celebrity que estão registados nas Bermudas e em Malta.
No entanto, razões mais fortes estão provavelmente na base desta decisão e que estão intimamente ligadas ao facto dos funcionários do navio terem regalias que constam da legislação britânica, comportando uma massa salarial bem acima de qualquer outra companhia. Numa altura de grande competição, as empresas ou adaptam-se ou arriscam, a Cunard com 171 anos preferiu jogar pelo seguro e preparar-se para os novos tempos.
A Cunard manterá a sua base em Southapton e os programas de "Casamentos no Mar" estarão disponíveis a partir do início de 2012.
Aguardamos pela publicidade da Cunard, entretanto:

18 outubro 2011

2 noites grátis + cruzeiro

A Celebrity Cruises está a oferecer duas noites de cruzeiro no seu navio Constellation com saída a 5 de Setembro de 2012 desde Amsterdam e com destino a Southampton. Esta oferta é proporcionada aos clientes que participem nos cruzeiros anterior ou posterior a esta data:
ou
Para aproveitar esta oferta as reservas devem ser feitas até 16 de Dezembro de 2011.

Royal Caribbean apresenta o "Gato das Botas"

A Royal Caribbean e a DreamWorks Animation SKG organizaram a bordo do Allure of the Seas a apresentação do novo filme "Puss in Boots" (O gato das botas) que será lançado nos Estados Unidos a 28 de Outubro próximo. A parceria continua a dar privilégios à Royal Caribbean e sobretudo a destacá-la pela inovação:
Na onda da Royal Caribbean convido-vos à leitura de um post do nosso editor sobre a Royal Caribbean na Europa no seguinte LINK

17 outubro 2011

Mv Victoria

O Mv Victoria da Incres Lines, entre outros nomes e donos ao longo da sua vida, determina umas das marcantes histórias sobre paquetes de passageiros que conhecemos.
Construída pela Harland and Wolf em Belfast no ano de 1936 para a Union-Castel, estava vocacionada para viagens a portos africanos a partir das terras de sua majestade. Como tradição na altura, era um paquete de carga e passageiros sob o nome de Dunnottar Castle. Tinha um irmão, o Dunvegan Castle, que chegada a segunda guerra mundial foram requisitados para navios de carga armados. O Dunvegan foi torpedeado em 1940, perdendo-se 24 vidas mas o Dunnottar resistiu e sobreviveu para ser entregue ao seu legítimo dono de novo. Das jornadas de guerra salienta-se o transporte de tropas britânicas para o assalto à Normandia em 1944. Prosseguiu ao serviço militar até 1949 na repatriação de soldados.
Entregue à Union-Castel o paquete reassumiu as suas rotas para África e foi vendo a chegada de novos navios a partir de 1950 à sua companhia até que em 1958 foi decidida a sua venda. Desde logo a Incres Lines demonstrou interesse porque procurava um navio robusto e com provas dadas. A nova companhia tinha boas notícias para o Dunnottar, rumou para Rotterdam para uma profunda intervenção a fim de torná-lo um luxuoso paquete. Saiu dos estaleiros de Wilton-Fijinoord chamando-se Mv Victoria com uma popa modificada, estrutura ampliada, motores novos, mantendo no entanto os traços essenciais originais.
O Victoria tinha um ambiente com madeiras nobres em estilo italiano, os decks foram designados com nomes de pedras preciosas.. Possuía uma sala de jantar abobadada e uma varanda interior para músicos. Os anos foram-se passando e o Victoria sofreu do mesmo problema de muitos navios: custos operacionais elevados perante a chegada de novos navios ao mercado, determinando a sua paragem perto de Brooklyn. Bem afamado, o navio de 430 a 548 passageiros e com 39 anos de idade parou por pouco tempo, foi adquirido pela Chandris Cruises para retirar peças e mobiliário para os seus navios. Durante a minuciosa avaliação, a companhia mudou as suas intenções por considerar um activo demasiado valioso para torná-lo fonte de peças sobresselentes. Determinaram a sua integração na frota da companhia com o nome ligeiramente alterado para "O Victória" (The Victoria).
A nova vida passou por rotas nas Caraíbas e na Europa até 1993 e sempre na Chandris. Nesse ano, os cipriotas da Louis Cruise Lines compram o navio para colmatar a necessidade de cobrir um nincho de mercado com cruzeiros entre Limassol e portos no Egipto e Israel. Seu nome volta a modificar-se mas sempre na senda da "Victoria" mas latinizado: Princesa Victoria.
Este resistente dos mares manteve-se impecável por dez  anos e fez novos donos felizes. No entanto o ano de 2001 trouxe-lhe uma ameaça, a mesma que todo o mundo observou, o terrorismo e os actos do 11 de Setembro. O turismo, condicionado, decresceu a procura e o seu armador decidiu pará-lo, até ver, em Eleusis. O resistente navio com um casco com quase 60 anos e motorização com quarenta, bem podia temer essa paragem pois para voltar em pleno daria muita despesa numa era de preços em queda e consumos incapazes de proporcionar preços competitivos. Para agravar a situação, os preços oferecidos pelos metais nas sucatas aumentaram, acabou em Alang no verão de 2004 sob o nome de Victoria I.
O  Mv Victoria consta da montra história do nosso último post

15 outubro 2011

Montra histórica

No centro do Funchal, na principal rua da altura da emigração, por onde desciam a choramingar os últimos passos de despedida nas dolorosas separações por necessidade de sobrevivência familiar ou ainda de estampada alegria no regresso em férias ou definitivamente, existe uma montra que perdura para agrado dos cruzeiristas. Esperemos que mesmo com a passagem da modernidade, uma peça conhecida de todos os funchalenses perdure como marco de muitas gerações que olharam para um pedaço de espelho pintado. Mais acima, na mesma rua, como que marcando cada milímetro de história fica a esquina do mundo, onde gerações anteriores deixavam recados, encomendas, cartas para troca com outros em terra ou inclusive com outros passageiros de outros navios que fundeavam na sempre atarefada baía do Funchal.
Delicie-se simplesmente contemplando, amplie por favor, voltaremos com mais histórias deste pedaço de espelho. Com história e esclarecimentos.

14 outubro 2011

1 milhão a caminho do Brasil

MSC CRUZEIROS REUNE 1 MILHÃO DE EUROS PARA A UNICEF 

A iniciativa da MSC Cruzeiros, “Entre a Bordo pelas Crianças”, recolheu um total de 1 milhão de euros, que revertem a favor da UNICEF, responsável pelo programa de desenvolvimento para o acesso à edução de qualidade no Brasil.
A iniciativa conta com donativos feitos pelos passageiros a bordo dos 11 navios da MSC Cruzeiros e foi introduzida em 2009, numa parceria de três anos com a UNICEF e o projecto UNICEF Urban Platform Initiative no Brasil. O projecto pretende enfrentar as desigualdades estruturais e sociais em 94 favelas do Rio de Janeiro, São Paulo e Itaquaquecetuba.
“1 Milhão de euros representa um marco muito importante no nosso esforço para angariação de fundos e sentimo-nos honrados, de juntamente com os nossos passageiros que tão generosamente apoiaram esta iniciativa, participarmos activamente na oferta de uma educação de qualidade às crianças e adolescentes nas mais pobres favelas brasileiras. Embora compreenda que devemos dar um passo de cada vez para alcançar o sucesso neste esforço, estou confiante que os nossos objectivos serão alcançados”, disse Pierfrancesco Vago, CEO da MSC Cruises.
O projecto está actualmente na recta final do primeiro ciclo da iniciativa, em que os governos, organizações não-governamentais, comunidades, famílias e adolescentes têm de se unir para dar um impulso ainda mais forte para alcançar as metas estabelecidas pelos municípios e comunidades no início do projecto.
Em termos de educação, por exemplo, escolas municipais do Rio de Janeiro e São Paulo lançaram um processo de monitorização para avaliar a implementação da Lei 10639/03, que exige a inclusão da história afro-brasileira e cultura indígena em todos os currículos escolares oficiais. O objectivo é ampliar o número de escolas que cumpram esta lei, a fim de promover a igualdade racial e assim proporcionar às crianças e adolescentes uma educação de qualidade.
“Entre a Bordo pelas Crianças”
Os passageiros da MSC Cruzeiros são convidados a “entrar a bordo pelas crianças” e a fazer a diferença, através da oferta de pequenos donativos. O valor, a partir de montantes baixos de €1, pode ser adicionado à conta final no fim do cruzeiro.

13 outubro 2011

Fornecimento de corrente a navios ganha adeptos

O porto de Oslo aderiu ao fornecimento de energia eléctrica aos navios como forma de reduzir a emissão de CO2 nas escalas. A inauguração oficial esteve cargo do ferry Color Magic no dia 10 de Outubro.
Num investimento de 350 mil coroas norueguesas, o porto estima que reduzirá as emissões equivalentes a 1700 carros ou se preferirem 3000 toneladas de CO2 do ar. Do lado da companhia aderente, o investimento foi de 2,7 milhões de coroas norueguesas para 2 navios, o já mencionado e o Color Fantasy, cientes que o "shorepower" na Noruega é limpo e verde porque provém de hidroeléctricas.
Vancouver, também aderente ao "shore power", foi já premiada por idêntica decisão no passado ano, observemos:

Se ...

Se visitar todos os portos portugueses levará estes lugares no coração:

12 outubro 2011

Madeira é 3ª melhor ilha da Europa

A Conde Nast Traveler divulgou os seus prémios para o corrente ano nas várias categorias do que a viagens diz respeito. Após 8 milhões de votos, a ilha da Madeira ficou em terceiro lugar entre as melhores ilhas da Europa. 
A classificação dos primeiros prémios das várias áreas:

1º Bozcaada e as Aegean Islands (Turcas)
2º Mykonos e as Cíclades
3º Madeira, Maiorca e ilhas Baleares

Na mesma categoria em outras áreas geográficas, os melhores são:
Ilhas das Caraibas e Atlântico: 1. Bermuda, 2. St. John e 3. Nevis. 
Ilhas da Oceania são: 1. Bora Bora, 2. Grande Barreira de Corais e 3. Moorea. 
Ilhas da Ásia são: 1. Maldivas, 2. Bali, e 3. Phuket. 
Ilhas Top nos Estados Unidos são: 1. Maui, 2. Kauai e 3. Kiawah

Conheçamos os vencedores na categoria de companhias de cruzeiro: 
Navios de pequeno porte: 1. Seabourn, 2. Silversea e 3.Windstar. 
Navios de médio porte: 1. Crystal Cruises, 2. Regent Seven Seas Cruises e 3. Disney. 
Navios de grande porte: 1.Celebrity, 2. Princess e 3. Royal Caribbean. 
Companhias de cruzeiros de rio: 1. Uniworld Boutique River Cruises, 2. Grand Circle Voyages e 3. Viking River Cruises.


Madeira em terceiro até que conheçam melhor, um contributo em HD:

10 outubro 2011

FunShip 2.0


Os navios da Carnival, reconhecidos como "os navios divertidos" vão passar por um "upgrade" intitulado "FunShip 2.0" a 14 dos seus navios e no valor de 500 milhões de Dólares. Contam com credenciados profissionais das mais diversas áreas para segundo o Director de Cruzeiro da Carnival "criar experiências memoráveis ​​aos nossos clientes"

O FunShip 2.0 abrange restaurantes, entretenimento e bares / salões e vai arrancar já neste mês com a ida para doca seca do Carnival Liberty, num programa que vai até ao final de 2015. Alguns navios - Carnival Conquest, Carnival Glory, o Carnival Freedom e Carnival Valor - não receberão todos os up-grades anunciados. Um em particular, o SportSquare, porque é difícil de implementar por causa do espaço de plataforma necessário.
Será instituído em toda a frota um programa humorístico e a função de DJ que será supervisionada DJ Irie que se torna "DJ oficial da Carnival".
Observemos as novidades:

08 outubro 2011

É imortal

As TVs portuguesas estão a emitir um spot publicitário de uma operadora de serviços móveis que informa sobre novas condições (gratuítas) de SMSs a bordo. Para além desse pormenor, ressalta a vista que quando alguém quer chamar o tema cruzeiros é difícil não cair na tentação de se inspirar na série "O barco do amor", claro que adulterando para ser cómico. Fica a curiosidade para os portugueses que nos visitam e a novidade para quem não tem acesso:

07 outubro 2011

Breves

A NCL informou que no primeiro ano de actividade do primeiro dos dois navios do projecto Breakaway, o Norwegian Breakaway em construção (144.017 toneladas, 4000 passageiros, a estrear em maio de 2013), terá como base o porto de Nova Iorque para efectuar cruzeiros de uma semana pelas Bermudas. Serão 22 cruzeiros com partidas aos domingos num programa de 3 dias nas Bermudas e 3 dias de navegação a partir de 6 de outubro. Não foram todavia revelados pormenores para o irmão gémeo, o Norwegian Getaway, que será entregue na Primavera de 2014. O navio está em construção nos estaleiros Meyer Werft na Alemanha, estaleiros aliás, tema da próxima revista Cruzeiros.

A companhia proprietária do Queen Mary 2 informou que se registou um pequeno incêndio a bordo do navio provocado por uma das turbinas a gáz do navio, situação prontamente debelada pela tripulação ao serviço. Estes equipamentos são utilizados como auxiliares das 4 turbinas diesel para permitir uma navegação mais rápida, se necessário, chegando aos 30 nós.
A chegada tardia do QM2 ao terminal de Brooklyn Red Hook (2 horas) nada teve a ver com a situação ocorrida a bordo mas sim pelo mau tempo que enfrentaram, ventos fortes e mar alteroso. Como resultado deste atraso, a saída para novo cruzeiro sofreu um atraso de uma hora.

A Quark Expeditions anunciou a adição de mais um navio à sua frota essencialmente destinada ao Antárctico e ao Ártico. Um novo quebra-gelos, o Kapitan Dranitsyn, construído na Finlândia em 1980 e renovado em 1999, fará cruzeiros/ expedições para as zonas mais remotas do Ártico.
O navio é idêntico ao já famoso Kapitan Khlebnikov, terá itinerários por Franz Josef Land e Novaya Zemlya, só acessíveis a viajantes "independentes" (perfeito estado de saúde e locomoção) e por quebra-gelo. A zona a visitar é lar do urso polar, morsas, focas, raposa do ártico, baleia beluga e áreas de nidificação de aves marinhasO navio está equipado com um helicóptero e equipamentos para desembarques e actividades no gelo. Informamos que a próxima edição da revista Cruzeiros traz um artigo sobre o Antárctico a não perder.

A autoridade gestora do Canal do Panamá anunciou a aquisição de 14 novos rebocadores no valor de 158,3 milhões de Dólares americanos a um estaleiro espanhol. A adjudicação efectuada à melhor proposta a nível de preço de entre 20 oriundas da América Latina, Ásia e Europa, prevê uma primeira entrega 600 dias após o contrato. Os rebocadores de 70 toneladas serão adicionados aos existentes dentro da perspectiva de aumento do trânsito fluvial no canal, resultado das obras de ampliação e destinados aos navios de maior porte.