25 outubro 2011

Cruzeiros no Mississipi renascem

A revista Cruzeiros tem dado particular atenção a um segmento nos cruzeiros que é todavia pouco popular mas com grande potencial para surpreender e crescer, são os cruzeiros de rio. Na nossa quarta edição, que estará nas bancas no próximo fim de semana, poderão contar com um artigo de 3 páginas "Relax in rio", mas agora é momento de vos dar a conhecer algo de emblemático do rio Mississipi, os cruzeiros de propulsão a vapor com uma ou duas rodas de pás. Apesar da sua visibilidade em filmes e fotografias, quem visitava ultimamente Nova Orleans deparava-se com o abatimento destes navios e a decadência do negócio.
Hoje nos Estados Unidos, há cerca de 146 navios de rodas com pás, nenhum opera na indústria de cruzeiros. No entanto temos boas notícias e com data marcada, 13 de Abril de 2012. A companhia "The Great American Steamboat Company " vai baptizar o novo American Queen, o maior navio a vapor com rodas de pás de sempre. O navio terá  127 metros de comprimento, seis decks de altura e 222 cabines. Os cruzeiros de Inverno terão lugar no Mississippi inferior, visitando cidades como New Orleans, Baton Rouge, Natchez, Vicksburg e o porto base em Memphis. Os cruzeiros de verão terão um itinerário desde origem do rio Mississippi, parando em cidades ao longo do percurso: St. Louis, Hannibal, Dubuque, Minneapolis e St. Paul. A partir daqui seguirá pelo o rio Ohio visitando Louisville, Cincinnati e Pittsburgh. Há a possibilidade do Americam Queen viajar também pelo rio Tennessee e outros cursos de água a ele conectados mas nada foi dado a conhecer oficialmente.
Vai renascer o ambiente que levou famílias pioneiras rio acima para o que era então conhecido como o oeste selvagem. Os colonos dependiam dos navios a vapor com roda de pás para o abastecimento e até mesmo entretenimento. A música jazz viajou de Nova Orleans para Chicago em "showboats" e "paddlewheelers" da da famosa Streckfus Steamers Line. Quem quiser reviver estes velhos tempos poderá ler o livro "Life on the Mississippi" de Mark Twain.
Particularidade do antigo navio, observem esta maravilha a vapor:



Gostaram? :o) cá vai mais uma da "Disney" dos rios:

1 comentário:

  1. Que fixe, não fazia ideia destes pormenores, para mim o barco já seria interessante pela aparência e propulsão.

    ResponderEliminar