20 outubro 2011

Cunard muda-se para as Bermudas

A centenária companhia Cunard que desde 1840 regista os seus navios em Southampton anunciou formalmente que vai registar toda a sua frota: Queen Mary 2, Queen Victoria e Queen Elizabeth nas Bermudas, passando a constar no final deste mês "Hamilton" na popa de todos os seus navios.

A informação oficial destaca que deste modo a companhia pode promover uma série de novos serviços, particularizando o caso dos casamentos em alto mar que regista significativa procura.
Esclareça-se que os navios com bandeira britânica não estão autorizados a oferecer este serviço em navegação. Sob a lei britânica, os casais só se podem casar a bordo quando este está no porto e apenas por um "ministro" para o efeito ou notário. A Cunard está em desvantagem competitiva no mercado neste lucrativo segmento experimentado já pela P&O Cruises e pela Princess Cruises, bem como os navios da Celebrity que estão registados nas Bermudas e em Malta.
No entanto, razões mais fortes estão provavelmente na base desta decisão e que estão intimamente ligadas ao facto dos funcionários do navio terem regalias que constam da legislação britânica, comportando uma massa salarial bem acima de qualquer outra companhia. Numa altura de grande competição, as empresas ou adaptam-se ou arriscam, a Cunard com 171 anos preferiu jogar pelo seguro e preparar-se para os novos tempos.
A Cunard manterá a sua base em Southapton e os programas de "Casamentos no Mar" estarão disponíveis a partir do início de 2012.
Aguardamos pela publicidade da Cunard, entretanto:

Sem comentários:

Enviar um comentário