27 outubro 2011

Steve Jobs também gostava de navegar

Wedge Too
A relação de Steve Jobs com o mar não se limitava à introdução de tecnologias da Apple nos ciber-espaços dos navios de cruzeiro, ávidos por designs que os destacassem da concorrência. Sabe-se agora pela sua biografia de 774 páginas escrita por Walter Isaacson que o fundador da Apple dentro da personalidade humildade sonhava em ter um iate mas ... personalizado. Por aqui já estamos a pensar em algo transportado do imaginário das carcaças dos computadores ou do simplista design da Apple. A biografia revela que Jobs estava já há alguns anos a trabalhar no design de um superyacht, num trecho de texto disponibilizado pelo New York Times. O iate está em construção no estaleiro holandês Feadship - Royal Dutch Shipyards e dele pouco se sabe porque a empresa reserva sigilo para o caso dos iates personalizados e dos respectivos donos. Sabe-se que tem 75 metros, em estilo minimalista, funcional e com classe, possuí paredes de vidro com 12 metros.
O iate tem a colaboração do designer francês Philippe Starck que já prestou serviços a outras embarcações como Futurist (de 2008), Wedge Too (de 2003) e Virtuelle (de 1999). Do estaleiro onde está a ser construído "o-iate-de-Steve-Jobs":


E o seu? Deseja algo assim:

Sem comentários:

Enviar um comentário