08 novembro 2011

Para quando novos bonecos a bordo?

Algures, numa destas últimas semanas, o "google.com" surpreendeu-nos com uns bonecos na sua página de entrada. Olhando bem, alguns parecem ter saído do imaginário dos Marretas (The Muppets Show) e era. A Google na altura decidiu homenagear o criador e também manipulador Jim Henson, eram de facto bonecos seus transferidos para desenho com tecnologia actual.

Os Marretas conquistaram a simpatia de grandes faixas etárias durante os anos de produção dos seus episódios para a televisão. Jim Henson, para "celebrar o seu legado" criou uma empresa, a Jim Henson Company (Link) antes de falecer em Maio de 1990. A empresa perdura e paralelamente ao aspecto de existir para fazer negócio vai lembrando que personagens da rua Sésamo também foram criados por Jim entre outros que poderá conferir no site. Um pequeno filme sobre a ideia da Google: 
A tentação do leitor será perguntar agora: mas a que propósito vem este post no blogue da Cruzeiros?
Simples, a bordo de alguns dos navios já navegam o Mickey, a Minie, o Peter Pan, a Branca de Neve entre outros mais agitados como Donald e o capitão Jack Sparrow. É certo que os Marretas não são dos personagem mais calmos para se ter a bordo, se fôr para encarná-los verdadeiramente, mas de facto não estão!

A lógica implicaria que fosse uma conservadora companhia inglesa a adoptá-los. Há contexto numa altura em que algumas companhias navegam exclusivamente para adultos? Com esta pergunta parece que o marcador ficou com 1 - 0 como no futebol mas logo empatamos se dissermos que muitos desses adultos tiveram berço na época dos Marretas. Quantos deles não adorariam ter os focos de luz sobre dois rabugentos velhos na plateia do teatro de um navio, após um espectáculo, a "comentar negativamente" o que acabaram de ver. Seria paródia com certeza. E se passar por si um cientista sem olhos ou a Miss Piggy a bater no capitão? E se no piano da música ambiente estiver um urso ou um cão bem peludo? ... e no meio disto tudo o Cocas a tentar meter um pouco de ordem na "casa". Os Marretas, verdadeiramente encarnados a bordo de um navio, seria um desafio para os animadores mas algo memorável.

6 comentários:

  1. No comments only smiles
    Jason UK

    ResponderEliminar
  2. Bom artigo já nos rimos no escritório, não podemos dizer qual mas cumprimentos da malta deste lado.

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que vocês estão a tornar acessíveis os cruzeiros. Dava muita conversa mas vocês entendem. Parabéns.
    Gostei do post da arribada e do Nieuw Amsterdam no fim de semana.
    Ao contrário do que se pode pensar este tema é enorme e vocês estão a provar isso.

    ResponderEliminar
  4. Tenho saudades das noites de TV nesse tempo, agora é uma porcaria, cada vez mais programas de gente comum e vaidosa para tornar os programas fúteis e baratos. Para não falar das notícias que se tem de ouvir.
    Humberto Barbosa

    ResponderEliminar
  5. Agradecidos por todos os Vossos comentários, foi um dia diferente no nosso blogue ... manamana .o)

    ResponderEliminar