02 dezembro 2011

Os navios da passagem de ano no Funchal

Amplie por favor:

Estarão em trânsito 15.878 passageiros e 5.237 tripulantes. Numa altura em que a Madeira é acusada de despesismo, com demagogia, pelo volume de investimento realizado no seu principal cartaz turístico, há que dizer em abono da verdade que os valores são de 5 milhões em investimento nos ornamentos de Natal, fogo de artifício, animação, entre outros e cerca de 12 milhões em receitas. Os portugueses devem se informar bem, é um país demasiado politizado e isso traduz-se em demagogia na larga fatia das intervenções públicas dos políticos. Se Portugal deve apostar no mar e se sempre que para ele se voltou desenvolveu-se, existe aqui um belo exemplo. "É só fazer algumas contas", só com estes navios da passagem de ano. Nós só queremos saber de cruzeiros, de navios e todos os assuntos conexos, mas diga-se que a capacidade hoteleira da Madeira andará por volta das 35.000 camas, neste caso e por via dos navios acresce quase mais metade desse valor sem impacto nefasto mas criando riqueza. Portugal só sabe dar tiros nos pés, mais sinceridade e menos política, conceda-se aos melhores em cada área a condução do país. ... viremo-nos para o mar e para o exemplo de sucesso dos cruzeiros.
Desejamos passagens de ano com sucesso, navios de cruzeiro e festividades geradoras de riqueza em Ponta Delgada, Lisboa, Portimão e Leixões. Queremos a nação e não só a capital dos cruzeiros ... título disputado ultimamente entre Funchal e Rio de Janeiro. Parabéns às duas cidades!

2 comentários: