14 janeiro 2012

Costa Concordia encalhado/ adornado 20 graus, larga maioria dos passageiros a salvo! (5:09 horas de Portugal)

Abrandamento da actualização informativa, voltamos logo que pertinente.
Apesar do acidente e de algumas mortes a lamentar, o salvamento funcionou muito bem.
Notícia em youtube visível mais em baixo neste post.
Localização do navio
Nota da Costa Crociére: "navio efectuava cruzeiro no mediterrâneo com escala prevista em Palermo Cagliari, Palma, Barcelona, Marselha e Savona. A bordo cerca de mil passageiros italianos, 500 alemães, 160 franceses. A operacao  de evacuação, prontamente efectuada, está em fase de acabamento. De momento não é possivel determinar as causas do problema ocorrido. Tudo está a ser feito para dar e máxima assistência".
Balanço às 03:00 de Portugal:
  • 8 mortos
  • 30 feridos, 2 deles graves
  • Ainda 50 pessoas a bordo (6:06 hora de Itália - 5:06 de Portugal)
  • Confirma-se 4000 passageiros a salvo!
  • Posto avançado médico já montado na ilha !!!
  • 5 navios acolheram ao salvamento
  • Direcção Marítima de Livorno orienta salvamento/ operações
  • Guarda costeira em socorro aéreo: helicoptero da marinha, da guarda costeira e da aeronáutica civil    em alternância no socorro.
  • Ilha de Giglio é pequena, a igreja de San Lorenzo e Massimiliano foi o melhor espaço para acolher tanta gente
  • Os mais dotados fisicamente atiraram-se à água ... não se deve tomar estas iniciativas! Não se sabe temperatura da água e o esforço a realizar, é noite.
  • Tudo começou às 22 horas de Itália, 21:00 em Portugal.
  • Algumas pessoas de fraca mobilidade são o maior problema pela localização do navio e sua posição.
03:00 No navio estão ainda 300 pessoas. ''Existem outras situações de emergência'' (?) disse o prefeito de Grosseto, Joseph Linardi, referindo-se às condições das pessoas que estavam a bordo do navio. O prefeito indicou que a tripulação do Costa Concordia ainda a bordo deve ser retirada de helicóptero para Grosseto. Acção que está a ser preparada. Uma recontagem está próxima.


Amplie por favor:











Ilha de Giglio
                                                                                                                            
Um navio muito bonito:

02:00 Comentário Luís Filipe Jardim (editor revista cruzeiros):
Só sentimos verdadeiramente quando algo nos está por perto... O acidente no Costa Concordia despertou-me tantos sentimentos... Sempre me disseram, desde quando comecei a ligar mais aos navios, que os navios têm alma, carregam histórias... Com o tempo vejo o quanto isso tem de verdade. Ver imagens do Costa Concordia adornado para estibordo quase a afundar após encalhe, custa-me como ver alguém que se perde lentamente... E ver que mais de 100 mil toneladas de pujança, de afirmação do grande mundo dos cruzeiros, de um minuto para o outro, acaba... num instante... e que a bordo estão vidas... mais de 4000 vidas, recheadas de histórias, de emoções, de famílias, de amigos, de tudo... entre turistas e passageiros. O Titanic afundou-se há 100 anos na viagem inaugural, em Abril de 1912. 100 anos depois um grande navio de cruzeiros colide num banco de areia de uma ilha, ao largo de Civitavecchia, Roma, e obriga à evacuação de emergência de passageiros e tripulação, numa sexta-feira 13. Estar próximo da costa e a evolução nos meios de salvamento atenua a tragédia. Viajei em abril de 2007 no Costa Concordia. Nem tinha um ano de vida. Hoje, custa-me olhar imagens e ver como , de repente, um navio, de grande dimensão, também se verga perante o destino de ter colidido... Que a o Costa Concordia, não se perca, nem ninguém se perca.

                                                                                                                            

01:00 O navio Costa Concordia (Link) em navegação na costa italiana nesta noite de sexta-feira (agora madrugada de sábado) encalhou num banco de areia, começando desde então a meter água e iniciando uma inclinação que acabou por levá-lo ao afundamento parcial. A pronta acção da tripulação e das autoridades italianas levaram a um rápido desembarque dos 4231 passageiros que foram dirigidos à ilha de Giglio.


Pormenores:
Foto: Luís Filipe Jardim
  • Encalhou em banco de areia e abriu rombo no casco.
  • Passageiros estavam na hora de jantar quando faltou a luz eléctrica seguido de um som de embate.
  • Passageiros e mesas foram projectados ao chão.
  • A corrente eléctrica foi restabelecida e o comandante anunciou avaria no gerador.
  • Em seguida, passageiros e tripulação, começaram a observar que o navio adornava
  • De imediato a tripulação pediu a todos os passageiros que vestissem o colete de salva-vidas.
  • Pouco tempo depois, ouviram-se 7 sete sinalizações curtas e uma longa indicando o abandono imediato do navio.
  • Todos os meios de salvamento e instruções funcionaram em pleno sob orientação da tripulação.
  • Os meios de salvamento dirigiram-se à ilha de Giglio, muito próximo da zona de encalhe, no sul da Toscania.
  • Seguiam ao todo 4231 pessoas a bordo, das quais 1023 tripulantes.
  • Era ... sexta feira 13!
Foto: Luís Filipe Jardim

Sem comentários:

Enviar um comentário