15 janeiro 2012

Novos sobreviventes entre os 60 desaparecidos.

No decorrer da última noite, um casal de sul-coreanos em viagem de lua de mel foram resgatados do navio Costa Concordia. Ambos com 29 anos e em bom estado de saúde, saíram pelos seus próprios pés depois de terem sido libertados do interior do navio. Os seus pedidos de socorro ajudaram à sua localização pelas equipas de resgate que enfrentam, como maior obstáculo, a posição do navio que promove a inversão das passagens e funcionamento de equipamentos, condicionando o ritmo de evolução das equipas de resgate no interior do navio com "montanhas" de móveis, utensílios, adereços e demais bens deslocados para o lado de adorno do do mesmo.
Algumas horas depois, o chefe dos comissários de bordo foi igualmente encontrado numa zona inundada do Concordia, 30 horas depois do acidente com o navio. A descolacação de materiais, uma vez mais, e a inundação foram os principais obstáculos para chegar ao sobrevivente que  foi retirado do Concordia com uma perna partida.
A contagem actual dos passageiros do navio, em relação às 4231 pessoas que seguiam a bordo, regista todavia 40 desaparecidos, confirmando-se o falecimento 2 passageiros franceses e um tripulante peruano.

Sem comentários:

Enviar um comentário