05 outubro 2012

Princess Daphne arrestado

Toda a frota da Classic International Cruises está arrestada em portos europeus. O Princess Daphne, fretado à Ambiente Kreuzfahrten, da Alemanha, é o mais recente navio a ser arrestado, em Souda, Creta, Grécia, com 169 passageiros que estão a ser repatriados.
O Princess Daphne junta-se aos outros navios da Classic International Cruises, Arion (Kotor), Athena e Princess Danae (em Marselha), todos imobilizados por ordens judiciais pelo atraso de pagamentos a fornecedores. Toda a frota está imobilizada, já que o navio Funchal está também no Tejo a ser remodelado após as últimas regras da Solas 2010. A morte de George Potamianos e as dificuldades que os seus filhos Alexandros e Emilios têm encontrado junto da banca conduziram a atrasos de pagamentos e a consequentes arrestos.
Todos os navios estão registados no MAR-Registo Internacional de Navios da Madeira e a acontecer como os cargueiros da Naveiro, que esta semana começaram a deixar o registo madeirense com bandeira de Portugal, e a Classic Internacional Cruises pode também perder o pavilhão nacional. O navio Tomar foi o primeiro de 10 a transferir o registo da Madeira para St. Johns. Mas até agora, em Roterdão, onde o cargueiro está arrestado desde Agosto, a bandeira portuguesa mantem-se içada, apesar de ter agora St. Johns escrito à popa e não Madeira. São estes reflexos claros aonde chegou a marinha mercante portuguesa e Portugal. Armadores, de cruzeiros e de mercadorias, que tudo fizeram para manter a bandeira portuguesa. Mas as burocracias, as elevadas cargas fiscais, e até a maldade, conduziram à presente situação.

Sem comentários:

Enviar um comentário